top of page

Conheça a história do Horto Florestal de Campo Grande


Você sabia que o Horto Florestal de Campo Grande já foi um matadouro? É isso mesmo! Em 1912 a área as margens do córrego segredo era o Matadouro Municipal e também abrigava a Salgadeira (onde se salgava o couro do gado para o transporte). A localização (próxima da ferrovia à época) e a abundância de água motivaram a instalação das atividades no local.

Apenas em 1923 foi Criado o Parque Municipal de Campo Grande no mesmo lugar do antigo matadouro. Em 1956 o parque ficou aos cuidados do funcionário da prefeitura Antônio de Albuquerque e ganhou status de Horto Florestal, pois ali ficava a sede do Serviço de Parques e Jardins da Prefeitura. O espaço era responsável por produzir mudas de árvores para a arborização de Campo Grande, bem como de Cuiabá, então capital do estado único de Mato Grosso.

Em 1980 o Horto Florestal passa por novas reformas para servir a população. No espaço são instalados um teatro de arena e um restaurante. Mas, foi apenas em 1993, que o espaço ganhou verdadeiramente o coração dos campo-grandenses.

Durante a administração do ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca o Horto Florestal recebeu uma grande reforma e se reestruturou para os novos tempos. O parque foi dividido em três partes distintas, uma praça, um centro de convivência e um núcleo principal. O espaço também passou a abrigar a Biblioteca Municipal nesse período. Em 1995, com a reinauguração do Horto, o antigo funcionário da prefeitura, Antônio de Albuquerque foi homenageado cedendo seu nome para o espaço.

Hoje o Horto dispõe de um Teatro de Arena com apresentações periódicas, da Biblioteca Municipal com um vasto acervo disponível para a população, um parlatório, lanchonete, playground, banheiros, Cancha de Bocha e de Malha, pistas de cooper, skate e bicicross além de um orquidário.

Visite o Horto Florestal! Ele está localizado entre as avenidas Fernando Correa da Costa e Ernesto Geisel.

Com informações: PMCG

0 comentário
Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page