EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg
  • Divulgação | Assessoria

Circula Dançurbana: companhia leva espetáculos e oficinas para alunos de escolas municipais


Projeto acontece de agosto a dezembro e, neste mês, também promove apresentações para deficientes visuais com áudio-descrição.

Com o propósito de conectar alunos de escolas municipais com a dança, aproximando-os do fazer artístico e incentivando o contato com essa manifestação cultural, a Cia Dançurbana inicia neste mês de agosto a segunda edição do ´Circula Dançurbana´. O projeto está sendo desenvolvido com o incentivo do Fundo Municipal de Investimento Cultural (FMIC) e, até dezembro, levará oficinas e espetáculos do repertório do grupo para diferentes escolas municipais e para a Casa de Ensaio.

"O Circula Dançurbana nasceu para aproximar escola e dança, estimular a prática e possibilitar o contato com espetáculos artísticos, buscando promover experiências únicas e enriquecedoras para os alunos. Nosso maior objetivo é incentivar a aproximação entre educação e cultura no ambiente escolar. Que cada vez mais crianças e jovens tenham contato com teatro, dança, música, artes plásticas, cinema e outras manifestações culturais, e, tudo isso, dentro do universo deles, na escola. Eles passam boa parte do tempo no colégio e as experiências boas da vida também são feitas nesse lugar, aprendemos muito ali, então como que nós, enquanto artistas, enquanto cidadãos, podemos contribuir para isso? O projeto vem com essa missão, de ´plantar´ essa sementinha, de fomentar o acesso à cultura", destaca o diretor Marcos Mattos.

O projeto acontece por meio de duas etapas. Na Etapa Escola a companhia realiza oficinas de mediação com os alunos (para aproximá-los do fazer artístico) e depois apresenta espetáculos de dança dentro da escola. As oficinas serão conduzidas por Kelly Queiroz, arte-mediadora e mestranda em educação pela UEMS. E, na Etapa Espaço Cênico, o grupo leva os alunos para a Casa de Ensaio, para que assistam aos espetáculos em um espaço cultural, onde eles têm a oportunidade de ver a apresentação completa com iluminação cênica e cenário.

Estudantes de três escolas municipais recebem as ações de agosto a dezembro: EM Imaculada Conceição, EM Professora Arlene Marques de Almeida e EM Professor João Candido de Souza. Ao todo, no ambiente escolar e no cênico, eles vão assistir quatro espetáculos: ´Poracê – O Outro de Nós´, ´Plagium?´, FLUZZ e R.U.I.A.

Programação de agosto

Neste mês as ações são referentes ao espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´. Pela Etapa Escola, na Escola Municipal Imaculada Conceição serão realizadas oficinas no dia 20 de agosto, às 9h30 e 15h30. E no dia 21, às 9h30 e 15h30, o grupo apresenta o espetáculo. Na Escola Municipal Professora Arlene Marques de Almeida a companhia desembarca no dia 27, com oficinas às 9h e 15h30 e, no dia 28, com as apresentações às 10h e 16 horas. E, na Escola Municipal Professor João Candido de Souza, serão realizadas oficinas no dia 29, às 9h30 e 15h30, e apresentações no dia 30, às 9h30 e 15h30.

Já na Etapa Espaço Cênico, a Cia Dançurbana apresenta ´Poracê – O Outro de Nós´, no dia 23 de agosto na Casa de Ensaio. Às 9 horas haverá uma apresentação voltada para deficientes visuais, com áudio-descrição. E, às 14 horas, para alunos da Casa de Ensaio e também para deficientes visuais.

Espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´

Do Nheengatu, a palavra ´Poracê´, significa dança indígena de celebração ou baile, arrasta-pé. ´Poracê – O outro de nós´ é um espetáculo sobre a força do conjunto, uma celebração de estar em comunidade e dos laços com o território. Em cena, experimentando corpos e sons imaginados, os intérpretes propõem formas diversas de ser e estar no mundo. Provocados por três coreógrafos com experiências distintas, os intérpretes-criadores Adailson Dagher, Ariane Nogueira, Livia Lopes, Maura Menezes, Rose Mendonça e Thiago Mendes, também diferentes entre si, investigam suas identidades, nomes, origens e relações com o lugar onde vivemos: Mato Grosso do Sul. O trabalho reflete questões de diversidade, do pertencimento ao lugar, do encontro de fronteiras, da pluralidade de culturas e linguagens que nos atravessam.

Serviço: mais informações sobre o projeto ´Circula Dançurbana´ pela fanpage, pelo instagram, pelo telefone: (67) 99238-2829 ou pelo email contato.dancurbana@gmail.com.

Cronograma de atividades de agosto:

ETAPA ESCOLA

Escola Municipal Imaculada Conceição

20 de agosto

Ação: oficinas de mediação cultural - espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 9h30 e 15h30.

21 de agosto

Ação: apresentações do espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 9h30 e 15h30.

Escola Municipal Professora Arlene Marques Almeida

27 de agosto

Ação: oficinas de mediação cultural - espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 9h e 15h30.

28 de agosto

Ação: apresentações do espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 10h e 16 horas.

Escola Municipal Professor João Candido de Souza

29 de agosto

Ação: oficinas de mediação cultural - espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 9h30 e 15h30.

30 de agosto

Ação: apresentações do espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Horários: 9h30 e 15h30.

ETAPA ESPAÇO CÊNICO

23 de agosto

Ação: apresentações do espetáculo ´Poracê – O Outro de Nós´.

Local: Casa de Ensaio.

Horários: 9 horas para deficientes visuais e às 14 horas para deficientes visuais e alunos da Casa de Ensaio.

--

Investimento

Fundo Municipal de Investimento Cultural (FMIC)

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECTUR)

Prefeitura Municipal de Campo Grande

Apoio

Secretaria Municipal de Educação - SEMED

Escolas Municipais Imaculada Conceição, Professora Arlene Marques de Almeida e Professor João Candido de Souza

Casa de Ensaio

Produção

Arado Cultural

Texto: Isabela Ferreira / Reconta Conteúdo

Fotos: Franciella Cavalheri / Cravo Filmes

#diversão

LIGUE 188 CVV CENTRO DE VALORIZACAO A VI
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp

© 2020 #EUsouMS 

Onde devo ir? Quem devo conhecer? Qual comida tenho que experimentar? Essas são algumas das perguntas fundamentais que nós fazemos diariamente. Com este espaço queremos mostrar para todos qual é a identidade do nosso estado. Este site surgiu com um único propósito: Ser o local de encontro e de referência da cultura, das pessoas, dos sabores e dos lugares do Mato Grosso do Sul. Por isso leia, conheça, compartilhe e viva o MS com a gente! 

Sugestão de pauta? contato.eusoums@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram