banner revest pedras marmores e granitos
  • Divulgação | Assessoria

Lojistas de Shopping recebem orientação do Procon/MS


Superintendente do órgão falou sobre a relação entre comerciantes e consumidores

Lojistas do Shopping Campo Grande se reuniram nesta terça-feira (24) junto a uma equipe do Procon/MS para tirar dúvidas sobre direitos do consumidor. O superintendente do órgão, Marcelo Salomão, esclareceu diversas questões e os orientou sobre quais as formas corretas de assegurar benefícios aos clientes, respeitando a legislação vigente, e trazendo vantagens também aos comerciantes.

O objetivo, segundo Salomão, é garantir uma boa relação entre fornecedores e consumidores, ou seja, tanto para quem compra, como para quem vende. Uma das formas de garantir isso é por meio da adoção de práticas e medidas prevista no Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Assim, o Procon/MS criou um sistema de certificação, que reúne o suporte necessário para o lojista atender determinações do Código, oferecendo mais segurança e qualidade aos clientes. O programa, chamado “Procon Legal, Comércio Legal” foi lançado em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, que propicia ao pequeno e médio comerciante, ou prestador de serviços, a certificação do bom relacionamento com o consumidor.

A ideia é assegurar maior procura pelos clientes a cada estabelecimento. “Vamos trazer o comerciante para perto do Procon/MS, para que ele conheça a legislação, consequentemente, passe mais credibilidade ao consumidor, fidelizando o cliente e aprimorando o atendimento por meio de uma relação comercial saudável”, afirma o superintendente.

O aplicativo se encontra disponível no site oficial www.procon.ms.gov.br e, todo pequeno ou médio empresário que estiver interessado poderá acessar e, satisfeitas as normas, se candidatar ao certificado emitido pelo Procon Estadual.

Para a gerente de marketing do Shopping Campo Grande, Maria Eduarda Delgado, ações como esta fortalecem a relação entre lojistas e consumidores. “Esse momento de diálogo e troca de informações é extremamente relevante para que eles saibam o que podem ou não fazer em suas lojas, e certamente isso trará resultados positivos ao cliente, que terá mais tranquilidade para realizar suas compras, sabendo que o estabelecimento está em conformidade com as regras”, conclui.

Texto: Grupo Sato


4 visualizações
galeria meia sete.png