top of page
facaseusite promo.png

“América do Sul” anuncia estreia solo de Sancha

Mineiro de Belo Horizonte, Sancha faz sua estreia fonográfica solo aos 33 anos, produzido pelo guitarrista Pedro Sá. “América do Sul” é o single que precede o lançamento do álbum autoral do artista, e chega às plataformas de streaming dia 6, com participação especial de Renegado (Biscoito Fino).





“A primeira vez que entrei em contato com o Renegado foi quando eu trabalhava em um quiosque de shopping, em 2009. Meu colega era muito fã e a gente escutava o álbum “Do Oiapoque a Nova York” praticamente todo dia: eu adorava aquela musicalidade, as letras. Nessa época começaram a acontecer muitos eventos de incentivo à cultura em BH: foi quando eu assisti ao primeiro show do Renegado, um super artista já, carisma infinito”, lembra Sancha.


Como ainda integrava “Ledjembergs” - banda que durou de 2007 a 2017 e lançou um CD e um EP -, Sancha passou a cruzar com Renegado nos bastidores: “Tocávamos em vários eventos e como eu frequentava os shows da cena musical da cidade, acabava trombando com ele, sempre cordial, muito afável e com aquela elegância malemolente de sempre”, completa.


Em 2018, de passagem por Belo Horizonte (na temporada em que morou na Bahia), Sancha foi convidado por Pedro Loureiro, empresário de Renegado e Elza Soares, para assistir ao espetáculo “Deus é mulher”. Depois do encontro com Renegado no show emblemático de Elza, os dois estiveram juntos em várias outras ocasiões.


Com a chegada da pandemia, Sancha pôde concretizar o desejo de produzir seu disco solo de estreia. “Na pandemia, morando em BH novamente, surgiu a oportunidade de gravar o disco remotamente. Para “América do Sul”, que tem tom de protesto e melodia de lamento, eu queria alguém que fizesse um trecho de rap no final da música. Entrei em contato com o Pedro Loureiro, eles gostaram da música, mas o Renegado propôs um dueto de pergunta e resposta, com ele cantando, para sair da obviedade do rap”, finaliza Sancha.

Além de assinar a produção do single e do álbum, Pedro Sá assume guitarras, baixo e programação drum machine da faixa, que tem ainda Thomas Harres na bateria e percussão eletrônica.


O álbum de Sancha, a ser lançado pela gravadora Biscoito Fino em agosto, leva o título de “Americanto” e reúne temas compostos pelo cantor e compositor, que se define como “um artista que busca sonoridades e texturas musicais melodicamente líricas, num caldeirão de notas e influências musicais”.



0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
LIVRARIA CAMPO GRANDE MS.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png
bottom of page