EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Cia do Mato nas telas: espetáculo Mudança vira filme eserá apresentado domingo

A releitura de um espetáculo feito para o projeto de 20 anos da Cia do Mato se transformou em um curta-metragem. Mudança que instiga o público na sua montagem original se transformou em um filme de terror. A coreografia já foi apresentada nos palcos há sete anos, é inspirada na poesia de Clarice Lispector e traz reflexões sobre a rotina e apreciar novos caminhos.

O roteiro é do bailarino Halisson Nunes que também atua no filme e do produtor de vídeo Helton Perez, também diretor do filme. Todo o trabalho é resultado de uma evolução. " O Mudança foi um espetáculo que teve um impacto bem grande quando o vimos na estreia. Logo em seguida, conversando com o pessoal da companhia, já tínhamos falado que ele tinha uma pegada de filme de terror por todos os elementos em cena, a trilha original do Jonas Feliz, a iluminação mais sombria que o Espedito di Montebranco montou e todo o trabalho de corpo dos bailarinos.


E mesmo sem muitos elementos em cena (uma mesa com uma fruteira, um espelho e rosas), todo o restante era bem sugestivo sobre uma ambientação que remetesse à uma casa antiga, conta Helton.

Halisson prefere chamar todo o trabalho de compartilhamento. “O projeto é resultado de um trabalho coletivo, desde a apresentação do espetáculo foi pensada a dramaticidade da coreografia e viemos nesse tempo construindo essa linguagem para virar o filme”, pondera.

O cenário do filme é instigante e complementa a performance do elenco todo formado pelos bailarinos da Cia do Mato. O imóvel onde se passa o filme, a Casa do Doutor Gabi, em Corumbá, traz elementos que complementam toda a linguagem. Os azulejos, a arquitetura e os objetos preencheram os vazios do palco, mas mantêm o espírito do espetáculo. As cenas complementares se passam na Casa Engenheiro Carlos Miguel Mônaco, que fica na Vila dos Ferroviários, na Capital.


Além de Halisson e estão na montagem, Ana Carolina Brindarolli Brendon Feitosa, Frantielly Khadija Icassat, Maria Fernanda Figueiró, Robson Bento da Silva e Tanara Macial Aguiar.


Todo o projeto é patrocinado pelo FMIC (Fundo Municipal de Incentivo à Cultura), da Sectur de Campo Grande. Serão três exibições pelo canal do Youtube da Cia do Mato.


A primeira dia 2 de maio, a segunda dia 15 de maio e a terceira dia 4 de junho. Todas sempre a partir das 20 horas. Para ter acesso ao filme é preciso de cadastrar e retirar o ingresso online pelo link:

https://www.sympla.com.br/filme-mudanca---cia-do-mato__1201610

0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png