top of page

Com show enérgico projeto Kzulo encanta público em Dourados

Show Memória e Identidade teve abertura da cantora SoulRa no espaço Casulo


Foi com muita energia que o projeto Kzulo iniciou sua turnê “Memória e Identidade” por Mato Grosso do Sul, no sábado (8), na cidade de Dourados. Cerca de 500 pessoas compareceram ao evento, que aconteceu no espaço Casulo e contou com show de abertura da rapper douradense SoulRa. O evento ainda teve feira com pequenos empreendedores locais, oficinas com os músicos da banda e foi gratuito.



A banda subiu ao palco com figurino que remete à terra. As roupas laranja e marrom já chamaram atenção do público que estava no local. “Não conhecia a banda, curti muito. Quando eles entraram com aquele figurino e começaram a tocar foi uma energia frenética, dancei muito. A interação deles com o público é muito boa, foi impecável”, celebrou o estudante Wellington Camolez.


Com músicas autorais o grupo encantou todas as pessoas presentes e fez todo mundo dançar. “Foi um dos melhores shows que já vi na cidade, não conhecia a banda e me surpreendi. Curti muito, um som diferente, bem contemporâneo, com referências brasileira e latina”, refletiu o professor Emanuel Gualberto animado.


O vocalista do projeto Kzulo, Wellington Rodrigues, mais conhecido como Nino, também gostou muito de se apresentar na cidade. Para ele, o show “Memória e Identidade” traz uma reflexão sobre as memórias que temos por nosso Estado, por toda a região, e fala sobre diversidade, seja cultural ou da natureza.


“Essa reflexão nos remete a identidade que temos, o que somos. Então levar esse show pra galera no interior foi uma troca muito importante. Todos dançaram bastante, houve uma troca bem bacana e recebi vários comentários positivos depois da nossa apresentação”, comemorou o cantor.


Agora a expectativa é para o próximo show da turnê, que acontece em Três Lagoas, no dia 22 de abril. “Esperamos que a galera curta muito, porque fazemos o show com nosso coração aberto e queremos que todos nos recebam do mesmo jeito”, comenta Nino.

Este projeto é desenvolvido pelo Projeto Kzulo e foi contemplado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), promovido pela FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), por meio da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.


Oficina e rapper SoulRa também animaram o público


Antes do show principal, aconteceram oficinas de música gratuitas para cerca de 30 pessoas. Quem participou gostou bastante e esperam que aconteçam mais intercâmbios musicais entre bandas de diferentes lugares de Mato Grosso do Sul.


“Houve uma troca de conhecimentos muito legal na oficina, ainda mais porque música é algo que gosto bastante, faz parte da minha vida. Eu escuto para trabalhar, para me acalmar, em diversos momentos. Aprender um pouco sobre instrumentos de percussão foi uma vivência maravilhosa”, afirmou a turismóloga e assistente social Tatiane Martins.


Após as vivências com os músicos, teve o show de abertura com a rapper SoulRa, cantora de Dourados. Ela se sentiu privilegiada por ter sido chamada para fazer parte do evento. “Eu amei esse encontro, pois temos poucas oportunidades de tocar juntos com artistas de fora, então foi algo incrível. Temos que ter mais eventos como este, pois nossas produções podem chegar a um novo público e assim as pessoas conhecem os artistas de nossa terra”, comentou.


Além de Três Lagoas, o projeto Kzulo levará o show “Memória e Identidade” à cidade de Nova Andradina, no dia 6 de maio. Mais informações pelo Instagram da banda: @projetokzulo.


Fotos: Wirlan Martins / Divulgação

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page