EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Construção está entre as atividades que mais crescem na Capital

Empresas da construção civil e atividades correlatas aparecem entre as que apresentaram maior crescimento em Campo Grande, conforme o PerfilSocioeconômicodivulgado pela Prefeitura, em fevereiro deste ano, e que pode ser acessado aqui (pág 178).


O número de estabelecimentos de serviços especializados em construção pulou de 34, em 2010, para 200, em 2019, representando um crescimento de 489% do setor. No ano passado, em plena pandemia, um novo crescimento, de 9,5%, fechando 2020 com 219 empresas. De acordo com a da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), são empresas especializadas em partes de edifícios ou obras de infraestrutura, como: a preparação do terreno para construção, a instalação de materiais e equipamentos necessários ao funcionamento do imóvel e as obras de acabamento.


Já os estabelecimentos referentes a arquitetura e engenharia passaram de 56 para 247 no mesmo período, uma expansão de 341%. Em 2020 foram adicionadas mais 37 empresas do segmento, passando a 284. Os dados que integram o estudo são da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro). A Secretaria estima que em 2021 o setor da construção civil deva ser o principal gerador de empregos no Estado. O movimento progressivo do cenário se dá por um motivo muito otimista, a priorização de fornecedores locais para a execução de projetos, uma prática habitual para a HVM, que já conta com cinco empreendimentos, somente nos últimos três anos. Entre os empreendimentos já entregues pela Incorporadora estão o Belvedere e Vertigo Premium Studios. Em andamento seguem o NEO e Três Meia Zero, além do recém-lançado Maya. Apesar das diferenças de cada um, a execução de todos é levada pela mesma tônica, prestigiar e fomentar a economia local. O Vertigo, apoiado nessa premissa de fornecimento, foi o primeiro empreendimento de Mato Grosso do Sul a conquistar o certificado AQUA-HQE, que avalia e reconhece construções sustentáveis, e de acordo com o gerente de Incorporação da HVM, Bruno Viana, essa conquista que fez o olhar da empresa se voltar ainda mais para esse critério. Segundo ele, priorizar quem está por perto contribui diretamente com o conceito de sustentabilidade. “Reduz transporte, que é muito caro e tem um impacto ambiental muito alto, não só pelo combustível, mas pela abertura de estradas, fumaças, e a liberação do gás CFC.”, além da possibilidade de qualificar a prestação de serviço dos fornecedores locais, já que ter acesso facilitado às empresas ajuda a conhecer seu estilo de trabalho. “Hoje 72% dos nossos fornecedores estão dentro do próprio Estado, alimentando o ciclo virtuoso da economia. Acreditamos, apostamos e investimentos no potencial de Mato Grosso do Sul”, diz o diretor executivo da Incorporadora, Rodolfo Luiz Holsback. A HVM também se mantém atenta a outra questão muito atrelada ao fornecimento dos materiais, sua origem. A triagem já é prevista no sistema de qualidade da empresa, mas também foi mais aguçada após o selo AQUA, e acontece na maior parte das vezes sobre os recursos não renováveis, como areia, madeira e pedras. “A gente sempre tem que buscar de onde veio, se foi extraído de forma legal, se tem licenciamento ambiental, se a pessoa que transporta poderia transportar esse material, e se existe um registro certinho. Ninguém nunca vai chegar e perguntar sobre isso, então entra mais na conscientização da empresa, no DNA, e isso caminha diretamente com os valores da HVM”, reforça o gerente de Incorporação, Bruno Viana. Ampliando os dados do Perfil Socioeconômico, o estudo aponta aumento de 154% no número de estabelecimentos ligados a serviços diversos, ao longo de 9 anos. Sobre a HVM – A HVM Incorporadora é uma empresa sul-mato-grossense que atua há 10 anos no mercado imobiliário, com certificações pela qualidade e sustentabilidade de seus projetos (• ISO 9001-2015 • PBQP-H • selo AQUA-HQE do edifício Vertigo Premium Studios, emitido pela Fundação Vanzolini). Serviço – A Central de Decorados fica na Rua Prof. Luís Alexandre de Oliveira (Via Park), 415. Vivenda do Bosque. O horário de atendimento é das 8h às 18h, de segunda a sábado.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png