top of page
facaseusite promo.png

De Muchileiros à literatura, Sarau no Parque vai movimentar o bairro Universitário

A 21ª edição do Festival Sarau Cidadania e Cultura será realizada no Bairro Universitário. O evento acontece das 16h às 20h, com entrada franca.


A cultura tomará conta do bairro Universitário no domingo (25). É a 21ª edição do Sarau no Parque que chega à praça da comunidade que fica situada na Rua João Maiolino, n.º 767, esquina com a Avenida Guaicurus. De música transfronteiriça até danças urbanas de movimentos complexos como o Popping, que tem como característica do estilo imitar robôs, muita coisa deve passar pela próxima programação do evento.





Por falar em som de fronteira, uma atração confirmada é sucesso de público e conhecida no cenário musical sul-mato-grossenses, a banda Muchileiros. Conhecida pela fusão de estilos sul-americanos, os artistas prometem envolver o público em uma viagem ao que há de mais rico dos países vizinhos e porque não dizer do continente.


Para quem vem de fora, como o artista de Dourados MC Miliano, o sarau será uma vitrine junto ao público e, ainda, um espaço de intercâmbio com outros colegas de profissão. “É a oportunidade de mostrar o meu trabalho em que trago um repertório totalmente autoral, que flutua por diversas atmosferas sonoras, convidando as pessoas a desfrutar do momento presente. Através de batidas envolventes e letras poéticas apresento características da cultura de rua regional”, explica.


Talento no palco do sarau é o que não vai faltar nas vozes e nas produções. Entre os destaques também estão Maria Izabel (Sertanejo), DJ Hemerson Nava e Os Vrauu; Adriano San (MPB) e a dupla Carlos Martinez e Wilson Braga (Chamamé e Música Regional).


Além de uma playlist pra lá de diversificada, o sarau possibilita também o contato com outras linguagens artísticas que poderão ser vistas no trabalhos de personalidades, como: Evandro Prado (Performance Artes Visuais); Magali Torres (Espaço Brincantes); Vinicius Santos (Audiovisual); Ateliê Nill Artes (Artesanato/Oficina Macramê); Chapelaria Ambrósio (Moda e Design); Grupo Sanssouci (Jazz Lírico); Eva Vilma (Literatura); Grupo Killa Kingz (Danças Urbanas); Cidadania Viva (Práticas Educomunicativas); Coletivo dos Povos Originários (Saberes e Tradições Indígenas); Robô Yuppi (Robótica Popping); Sônia Queiroz (Artes VIsuais); Marilene Lino e Mestre Pequeno (Oficina e Roda de Capoeira).


“Estamos chegando a reta final do projeto Sarau no Parque de 2022 e há uma satisfação enorme em tudo que realizamos até aqui. Tudo porque o trabalho é feito no coletivo do início ao fim. Estamos com excelente adesão dos artistas, o empenho de toda nossa equipe de produção e, claro, a receptividade da sociedade que sempre abraça a proposta que é a imersão e a democratização da arte e da da cidadania pelos bairros da Capital”, afirma o secretário de Estado de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero.


A estimativa é de que mais de 400 atrações artísticas passem pelo evento que segue com sua programação até o dia 18 de dezembro. Lembrando que os artistas ainda podem fazer a inscrição para participar. Basta preencher o formulário simplificado que está disponível no site www.secic.ms.gov.br, clicando no banner relacionado ao evento.


Dúvidas e informações podem ser sanadas por meio do telefone (67) 3316-9321 ou e-mail, saraunoparque@secic.ms.gov.br.


Quem quiser conferir outras informações da 21ª edição do Sarau do Parque, basta acessar o Instagram ou o Facebook (@saraunoparquems).


Serviço:

Festival Sarau Cidadania e Cultura no Parque

Data: 27 de novembro (domingo)

Horário: 16h às 20h

Local: Praça do Universitário - na Rua João Maiolino, n.º 767, esquina com a Avenida Guaicurus - Bairro Universitário - Campo Grande (MS)

Entrada Franca

0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
LIVRARIA CAMPO GRANDE MS.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png
bottom of page