EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg
  • eusoums

Educar é chato

Nos falam das fraldas, das cólicas, das noites sem dormir e da introdução alimentar. Falam de muito, mas esquecem de nos contar algo que é importantíssimo nesse processo da vida de mãe: o educar.

E, minha gente, o troço chato. Mas, acima de tudo, necessário.

Educar dá um trabalho porque nunca acaba, não é uma lição de casa ou uma atividade que tem horário para acabar. Educar é o tempo inteiro.


O pior é que, a todo momento, o nosso educar é posto em prova, às vezes pelos outros ou por nós mesmos.

Lívia está naquela fase dos 3 anos (as mães entendem o que isso quer dizer). É a hora que a personalidade aflora, que esses pequenos descobrem o que são capazes e que nos testam a todo momento.

Sinto-me mãe de uma adolescente, falo e não sou ouvida. Sou questionada o tempo todo e tudo o que ensino em casa parece sumir quando está na rua.

Ontem Lívia aprontou uma dessas: sou muito chata quando o assunto é brinquedo, se não quer mais a gente doa, mas não pode estragar de propósito. Há alguns dias ela teve vários brinquedos quebrados por uma outra criança (talvez, isso vire assunto para outro texto) e viu como é ruim quando estragam as nossas coisas propositalmente.

Pois bem, ontem enquanto brincava estragou um brinquedo da prima. A minha reação não foi a das melhores porque, como já disse, isso me tira do sério.

Ela perdeu o direito de brincar e foi para casa.

Eu cheguei em casa me questionando: onde estou errando? Como fazer ser entendida por uma criança de quase 4 anos? Como fazer com que ela entenda a importância de se comportar, de respeitar os outros para ser respeitada?

Confesso, não achei as respostas. Mas não vou ficar me lamentando. Acordei e fiz uma compra de livros que podem me ajudar no assunto, para aprender como lidar, o que fazer e, principalmente, como sobreviver, rsrs.

Para que a minha filha seja uma criança melhor eu preciso saber guiá-la nesse caminho. E a gente só consegue isso quando estuda, quando busca informações e quando está disposta a, até mesmo, rever as nossas atitudes. Todo dia, todo santo dia.


Porque educar é chato, mas é necessário e, exclusivamente, nossa obrigação.

LIGUE 188 CVV CENTRO DE VALORIZACAO A VI
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp

© 2020 #EUsouMS 

Onde devo ir? Quem devo conhecer? Qual comida tenho que experimentar? Essas são algumas das perguntas fundamentais que nós fazemos diariamente. Com este espaço queremos mostrar para todos qual é a identidade do nosso estado. Este site surgiu com um único propósito: Ser o local de encontro e de referência da cultura, das pessoas, dos sabores e dos lugares do Mato Grosso do Sul. Por isso leia, conheça, compartilhe e viva o MS com a gente! 

Sugestão de pauta? contato.eusoums@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram