top of page

Filme “Solange” tem exibição no MIS dia 17, com a presença da diretora Nathália Tereza

O Museu da Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), em parceria com o curso de Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) promovem na próxima quarta-feira, 17 de maio, às 19h, a exibição e debate do filme nacional “Solange”, de Nathália Tereza e Tomás Osten. O MIS fica na Av. Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar.





O evento faz parte do II Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo, sendo direcionado para acadêmicos, cinéfilos e pessoas interessadas no assunto. Esta edição vai contar com um debate com uma das diretoras e roteiristas do filme Nathália Tereza.


O projeto Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo volta ao formato presencial, trazendo para exibição importantes obras com a participação de atores, diretores e produtores com a mediação dos professores Vitor Zan e Júlio Bezerra que também assinam a curadoria do projeto. O ciclo teve início em 2020, tendo formato on-line por conta da pandemia na maioria das edições, e a partir de 2022, volta ao formato presencial, apresentando 3 exibições por semestre. Esta é a segunda exibição nesse semestre.


Sinopse


O filme “Solange” (Brasil/2023/Drama/14anos/60’) é dirigido por Nathália Tereza e Tomás Osten; roteiro também de Nathália Tereza, Tomás Osten, e ainda, Cássia Damasceno, no filme Solange quer suas coisas de volta. Ela mudou de cidade há cinco anos e agora retorna para recuperar seus pertences, que deixou em caixas nas casas de amigos, com os reencontros voltam memórias e surgem sentimentos contraditórios. A história é, em alguma proporção, também uma metáfora para frustrações pessoais e profissionais vividas em meio à pandemia de Covid-19.

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page