top of page

Fundação de Cultura leva artesanato de MS para o Salão do Artesanato em Brasília

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul garante a participação do artesanato sul-mato-grossense no 17º Salão de Artesanato – Raízes Brasileiras em Brasília/DF, que acontece de 8 a 12 de maio no Pátio Brasil Shopping. No evento vai ser ocupado um espaço coletivo de 50m² para divulgação e comercialização de produtos artesanais de Mato Grosso do Sul.



O evento tem acesso gratuito para todos os visitantes e é um dos principais do país, dando visibilidade e acesso à rica produção artesanal brasileira. A Feira vai reunir os 26 Estados brasileiros e Distrito Federal e suas comunidades artesãs, em um evento que mostra a grande diversidade da produção artesanal, incentivando a comercialização desses produtos, estreitando suas relações comerciais pela possibilidade de contato direto com o público consumidor e com lojistas.


Vão ser expostas mais de 40.000 peças artesanais, estimulando o mercado para o consumo dos produtos artesanais, pela possibilidade de identificação com produtos regionais, conhecimento das técnicas e materiais utilizados, histórico dos produtos, beleza e riqueza agregadas à produção. Cada peça exposta no evento tem atrás de si uma história.

Foram selecionados por edital para participar da Feira como Artesão Individual Ana Vitorino da Silva Leoderio, Andre Kevin Constantino e Maria Suzana da Silva, e as entidades representativas do artesanato Associação dos Produtores de Artesanato e Artistas Populares do MS (Proart/MS) e União Estadual dos Artesãos de Mato Grosso do Sul (Uneart/MS). O Espaço é Cedido pelo PAB (Programa do Artesanato Brasileiro) e a Fundação de Cultura de MS se responsabiliza pela seleção dos artesãos e transporte das peças artesanais.


Para a gerente de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Katienka Klain, o artesanato de Mato Grosso do Sul vem despontando cada vez mais no mercado nacional e internacional. “A participação de MS nas feiras nacionais como o 17º Salão de Artesanato de Brasília/DF abre cada vez mais mercado e deixa o artesanato de MS em evidência em nível nacional, lembrando que esse evento acontece no final de semana do Dia das Mães aumento de forma expressiva as vendas”.


A artesã Maria Suzana da Silva foi uma das selecionadas para participar da Feira. Ela vai expor e comercializar suas canecas personalizadas com o tema de Mato Grosso do Sul, os porta-canecas, bolsas, nécessaires, porta-celular, porta-moedas, porta-terço e amigurumis. “Eu faço também bolsas com bags que são reutilizados para transporte de adubo insumos na área da agricultura. Meu pai mora na chácara e lá tem muitos bags e aí eu utilizo eles para fazer bolsas”.


Para Maria Suzana, ter sido selecionada para participar da Feira em Brasília “foi inusitado”.  “Eu não imaginei que eu fosse ser selecionada porque várias pessoas falaram que para ser selecionado tinha que ter algo diferente eu imagino que eu tenha esse algo diferente”.


Sobre o 17º Salão de Artesanato – Raízes Brasileiras


O Brasil é um país rico em produção cultural, seja ela artística ou artesanal, e cada região tem características marcantes. Reunir artesãos de todo o país, realizando uma exposição anual propicia ao público visitante conhecer um pouco dessa riqueza e valorizar o trabalho desenvolvido por artesãos dos quatro cantos deste imenso país. São produtos que trazem consigo um pouco da história, das matérias primas e dos recursos naturais de cada município, cidade e estado participante. Grande parte desta produção tão rica culturalmente, está nas mãos de famílias humildes, sem formação educacional, com poucos recursos financeiros, que têm no artesanato, quase sempre, sua única fonte de renda.

 São pequenos empreendedores, que trabalham na informalidade, buscando caminhos para serem reconhecidos como profissionais, se qualificarem, empreender, sair da informalidade e passar sua profissão para outros com dignidade e orgulho. Grande parte desta produção vem de técnicas que passam de geração para geração, às vezes por vocação e reconhecimento e às vezes por falta de oportunidade em outras áreas no mercado de trabalho.


O evento terá entrada franca, tanto para visitação dos estandes, quanto para as oficinas, palestras e shows que forem oferecidos. Todos os ambientes que compõem a realização deste projeto são acessados pela população em geral, sem cobranças de ingressos com uma previsão de atingir mais de 30.000 pessoas em todos os dias de realização, com o cumprimento de todas as regras sanitária vigentes. Será disponibilizada na internet os registros audiovisuais de apresentações artísticas previstas neste projeto. Será permitida a captação de imagens de apresentações artísticas e autorizada a sua veiculação por qualquer rede pública de televisão, observadas a legislação brasileira referente a direitos autorais.

17º SALÃO DO ARTESANATO 2024


Local: Arena de Eventos do Pátio Brasil Shopping

Data: de 8 a 12 de maio

Horário: de 10h às 22h

ENTRADA FRANCA


Texto e foto: Karina Lima / FCMS

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page