top of page

Gabi Barros, Mel Dias e Caramuja se apresentam terça no festival O Canto Delas

O Festival "O Canto Delas" entra em sua quarta semana com uma emocionante celebração da música feminina no palco do Blues Bar. O evento, que promove e destaca o talento de mulheres artistas, preparou uma noite imperdível com performances de Gabi Barros, Mel Dias e Caramuja. Os fãs de música têm um encontro marcado para a próxima terça-feira, a partir das 20 horas no Blues Bar. A entrada é gratuita.



A primeira artista a subir ao palco é a talentosa Gabi Barros, com uma proposta contemporânea e voz marcante. Ela irá apresentar um repertório de grandes sucessos, cantando saudosas musas como Rita Lee e Cássia Eller, além de grandes referências como Djavan, Seu Jorge e Legião Urbana. Também não deixará de lado suas músicas e fará uma palhinha de seu repertório autoral, que é todo inédito.

Gabi canta desde os 6 anos de idade, quando começou no coral da igreja. Desde então se apaixonou por música e nunca mais se desconectou da paixão. Há cerca de cinco anos vive exclusivamente da música e se sentiu honrada em fazer parte do festival. “Eu não tenho nem palavras pra descrever esse festival, pois viver da música nem sempre é fácil, sendo mulher então é ainda mais complicado, pois ainda existe muito preconceito. Eu vejo O Canto Delas como uma virada de chave não só pra mim, como para todas as outras cantoras, uma oportunidade para mostrar o nosso trabalho pra cidade toda, enriquecendo ainda mais a cultura de Campo Grande”, reflete.

A segunda atração da noite é a imponente Mel Dias, uma cantora e compositora que traz consigo a essência do Hip Hop e da música brasileira em suas composições e interpretações. Seu repertório será totalmente autoral, onde ela mistura elementos da cultura Hip Hop e da cultura negra. Em seu show haverá participações especiais das cantoras Bruna Valente e Suburbia, das B-Girls Aline e Jeise e os beats ficarão por conta do Dj Shablla.

Mel se encantou com a cultura Hip Hop há aproximadamente 10 anos, quando teve acesso a uma Batalha de Rima. A partir de então passou a frequentar esses eventos e encontros, onde encontrou potencial para expressar suas poesias e músicas, ainda sem objetivo de construir uma carreira artística. Seu primeiro trabalho foi lançado em 2017, intitulado “A preta Chegou”.

Ela acredita que um festival como esse enriquece a cultura local, gerando um impacto positivo, reflexivo e social. “Um festival que destaca e promove mulheres cantoras tem uma importância significativa em várias áreas, incluindo o empoderamento das artistas. Fazer parte de um festival liderado por mulheres potentes e autênticas é combustível, é uma oportunidade de empoderar artistas femininas e de promover uma mudança social significativa, abrindo caminho para um cenário musical mais inclusivo e diversificado”, destaca.

Fechando a noite com chave de ouro, a cantora Caramuja promete uma apresentação energizante. Ela começa com o reggae, ritmo que é de sua essência, e vai até o jazz, prometendo um caminho interessante entre os estilos.

A artista não se lembra quando começou a cantar, pois quando busca em suas memórias, as primeiras lembranças que aparecem são remetidas à música. “Eu não sei dizer quando iniciei, é algo que sempre fiz, desde criança eu soube o que queria, eu já nasci. As lembranças que tenho, desde que me entendo por gente, é pedindo para minha mãe me levar aos palcos. Meu primeiro show foi na Noite da Seresta, tinha 12 anos”, detalha.

Ela também destaca a importância d’O Canto Delas. “A importância deste evento é intensa e absurda. Acho que eu não tinha noção do peso até que ele começasse, está sendo uma coisa muito bonita, eu tenho certeza que é um impulso para as artistas aqui da cidade. Me senti muito emocionada em ser convidada. Estava voltando de Minas Gerais quando recebi o convite e estava buscando formas de me reconectar com a cena local. Este trabalho de destacar mulheres é fundamental, alguém precisa dar destaque a todas essas mulheres que são extremamente talentosas”, pondera Caramuja.

O projeto “O Canto Delas” conta com investimento do FMIC - Fundo de Investimentos Culturais, aprovado em edital por meio da Sectur - Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande, órgão vinculado à Prefeitura Municipal de Campo Grande. O festival conta ainda com o apoio da Engepar.

Confira as próximas apresentações:

25/07 – Gabi Barros, Mel Dias e Caramuja; 01/08 – Karô Castanha, Llez e Soulrá. Serviço: O festival “O Canto Delas” será realizado todas as terças-feiras, de 4 de julho a 1º de agosto, a partir das 20h, no Blues Bar - Rua 15 de novembro n.º 1186 - centro de Campo Grande. Mais informações sobre o festival pelo Instagram e Facebook (@ocantodelasfestival).



0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page