EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Homeopatia Veterinária é aliada no controle do estresse de animais durante as festas de fim de ano

A chegada do fim do ano sempre vem acompanhada pelas férias e pelo costume de soltar fogos de artifício nas comemorações do Réveillon.


As cores e luzes que iluminam o céu e agradam aos olhos dos humanos, podem ser uma verdadeira tortura para os animais. Com audição extremamente sensível, os cães, por exemplo, conseguem captar ruídos quatro vezes mais distantes que os seres humanos e sua capacidade auditiva chega a ser 300 vezes mais intensa. Por isso, o barulho dos fogos causa dor e medo nos animais.


Para auxiliar no controle do estresse nos pets, a homeopatia é uma grande aliada, pois, não dopa o animal, não possui contraindicações e apresenta resultados eficientes, como explica a médica veterinária homeopata e diretora da Sigo Homeopatia Veterinária, Mônica de Souza. “A homeopatia aumenta a tolerância e a sensação de segurança dos animais frente ao medo por barulhos intensos. O ideal é iniciar o tratamento antes das festas, visando o preparo daqueles animais que já apresentaram histórico de estresse devido os fogos. É comum nessa época, as clínicas receberem animais feridos, que se debatem, tentam pular de janelas e há casos mais extremos de pets que enfartam e situações como estas, podem contar com a homeopatia veterinária como aliada”, detalha Dra. Mônica.


Exemplo de quem vivencia a realidade do estresse dos animais, a acadêmica Gabriela Garcia de Souza tem nove cães, sendo todos resgatados da rua ou vítimas de maus-tratos. Medrosos e por vezes agressivos, os animais tinham constantes crises e entravam em pânico quando ouviam ruídos mais altos, como dos fogos. “Como esses cachorros vieram de situações difíceis, são muito sofridos e medrosos. A Julie, que tem cerca de um ano, era o caso mais grave. Quando havia festas, jogos de futebol ou eventos com fogos, ela se escondia embaixo dos móveis e chegava ao ponto de agredir os outros cães e até as pessoas da casa. Foi quando conheci o CalmSigo e comecei a colocar a homeopatia na água deles e em apenas uma semana percebi os resultados. Os últimos eventos com fogos foram o melhor teste, pois, a Julie não se agitou”, relata a estudante.


Ainda segundo Gabriela, a homeopatia veterinária auxiliou no comportamento dos outros cães. O último resgate da estudante de Medicina Veterinária é uma cachorra que sofria maus-tratos em um canil clandestino. Agressiva, Belinha não aceitava a convivência com outros animais e após poucos dias de tratamento com o homeopático, fez amizade com os cães e já consegue dividir espaço e a rotina com os demais pets. “A Belinha mudou tanto que, antes ela tinha pavor de ficar perto dos machos e hoje, ficou muito amiga de um deles e não se separam. Além disso, tenho dois cães de porte grande que rivalizavam muito e agora, convivem mais pacificamente. O CalmSigo me ajudou muito, até os latidos exagerados reduziram muito”, relata.


Ainda de acordo com a Dra. Mônica de Souza, outra situação onde a homeopatia ajuda é no caso de animais que sofrem pela ausência do tutor, que sairá em viagem ou até mesmo aqueles que vão viajar junto e ter a rotina alterada. “Muitos animais ficam extremamente abalados e com sensação de abandono durante as férias dos donos. Alguns adoecem pela depressão ou estresse de ficar sob cuidados de terceiros. Há ainda os que ficam agitados porque vão sair de sua rotina e viajar junto. Nesse caso, o tratamento homeopático preventivo auxilia no controle desse tipo de estresse, tornando o animal mais sereno diante das mudanças”, explica a médica veterinária homeopata.


Dicas


Além da homeopatia veterinária, outras medidas colaboram para o controle do estresse que os animais atravessam durante a queima de fogos.


1 – Mantenha o animal em um ambiente confortável. Se possível, dentro de casa e acompanhado.

2 – Ofereça carinho e atenção. A voz suave do dono acalma e demonstra segurança ao animal;

3 – Assegure que portões e acessos à rua estão bem fechados, pois, muitos animais se desesperam e fogem atordoados;

4 – Identifique o animal com plaquinhas nas coleiras, pois, caso o pet se perca, seu tutor será encontrado mais facilmente.

0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png