EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Jovens com Síndrome de Down produzem cookies para comercialização na Capital

Ação faz parte do projeto “Cromossomo do Amor”, que incentiva inclusão social no mercado de trabalho por meio da gastronomia


Mais do que produzir delícias e agradar diversos paladares por meio de sabores e inovações na cozinha, a gastronomia tem também uma função social que vem sendo cada vez mais valorizada. Foi enxergando esse potencial que o chef de cozinha Edu Rejala idealizou, em 2015, o projeto “Cromossomo do Amor”, que surgiu como um meio de incluir portadores da Síndrome de Down no mercado de trabalho através da culinária. 

Agora, a novidade do projeto é a produção de cookies para comercialização. O objetivo, além de levantar fundos para a Associação Juliano Varela, é estimular o trabalho junto aos 7 alunos que participam da iniciativa. “Queremos que nossos alunos possam se profissionalizar na área da gastronomia e, futuramente, tenham um salário da cozinha colaborativa e que isso ajude no sustento deles”, explica o diretor da associação, José Luiz Varela. 


Ele conta que a ideia de fazer os cookies surgiu em agosto, em parceria com a Make Burgers. “Ofertamos aos clientes da hamburgueria que pediram lanche pelo delivery, um brinde, que foi o cookie produzido pelos nossos alunos”, detalha. Depois disso, veio o pensamento de comercializar esses produtos e gerar renda. “Pretendemos ampliar e fazer outros tipos de pratos, como doces, pizzas, pães”. 


E como forma de ajudar a divulgar a ação, o Clube Gourmet do Shopping Campo Grande abriu suas portas ao chef Edu Rejala, que gravou um vídeo no local para a ensinar a receita do cookie tradicional com gotas de chocolate. “Vamos fabricar novos cookies para venda, para que isso ajude a associação. Os alunos colocam a mão na massa mesmo, eles têm muita curiosidade e disposição para aprender e fazem tudo de forma muito especial”, elogia.


O vídeo com a receita completa será veiculado nas plataformas digitais do Shopping Campo Grande, Facebook e Instagram (@shoppingcampogrande). 


Sobre a Associação - A Associação Juliano Varela foi criada há mais 25 anos, não tem fins lucrativos e desenvolve programas que atendem gratuitamente bebês, crianças, jovens, adultos e idosos portadores da síndrome down e que tenham deficiência mental, autismo ou microcefalia. A entidade mantém uma escola com ensino infantil, fundamental e EJA levando proposta pedagógica adaptada e acompanhamento da área clínica, atendendo todas as necessidades dos alunos especiais. 

0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png