top of page

“Magnético”: WD investe no pop afro-latino e prova sua excelência em seu primeiro álbum

Com lançamento marcado para quarta-feira, dia 3 de abril, nas principais plataformas de áudio, o álbum de estreia de WD, “MAGNÉTICO”, solidifica a posição do artista como uma figura de excelência no cenário pop contemporâneo. Combinando elementos sonoros inovadores e um conceito narrativo rico, o projeto é uma prova da versatilidade e profundidade artística do cantor, que propõe um disco de pop afrolatino.


Desde sua concepção, “MAGNÉTICO” foi planejado como uma experiência sonora imersiva que conduz os ouvintes por uma montanha-russa de emoções. Dividido em três capítulos interligados, o álbum guia o público por uma jornada que percorre os estágios da intimidade humana - retratando sentimentos que vão desde a explosão inicial de uma energia visceral e carnal até a exploração da intimidade e da vulnerabilidade. 


Com lançamento marcado para quarta-feira, dia 3 de abril, nas principais plataformas de áudio, o álbum de estreia de WD, “MAGNÉTICO”, solidifica a posição do artista como uma figura de excelência no cenário pop contemporâneo. Combinando elementos sonoros inovadores e um conceito narrativo rico, o projeto é uma prova da versatilidade e profundidade artística do cantor, que propõe um disco de pop afrolatino.  Desde sua concepção, “MAGNÉTICO” foi planejado como uma experiência sonora imersiva que conduz os ouvintes por uma montanha-russa de emoções. Dividido em três capítulos interligados, o álbum guia o público por uma jornada que percorre os estágios da intimidade humana - retratando sentimentos que vão desde a explosão inicial de uma energia visceral e carnal até a exploração da intimidade e da vulnerabilidade.   Além de sua narrativa, o álbum de estreia de WD também apresenta um conceito centrado no alter ego de “MAGNÉTICO”. Filho dos Deuses das Águas, essa figura personifica a atração psíquica e magnética, guiando os ouvintes por uma jornada musical enquanto ele mesmo busca respostas sobre sua própria identidade.  “MAGNÉTICO” representa um marco não apenas na carreira de WD, mas também na cena pop brasileira. O álbum foi produzido pela Mousik, com composições de WD, Umberto Tavares, Jefferson Júnior e Stefan Baby. O projeto traz participações de Majur, Wanessa Camargo, Lia Clark, MC Soffia e DJ 2F e, ao longo de suas 15 faixas, promove uma experiência que desafia as fronteiras da música contemporânea.   Descrito como um projeto de pop afrolatino, WD incorpora elementos da música latina, especialmente do bolero, tango e da bachata, e os mescla com afrobeats e referências do pop. Com melodias envolventes e letras provocativas, o cantor, um artista pop, preto e periférico, conduz os ouvintes por uma odisséia emocional que celebra a paixão, a ternura e a redenção.   “‘MAGNÉTICO’ é um projeto de música pop afrolatina, um álbum afrocentrado, que traz um corpo preto falando sobre suas vivências em diversas camadas, trazendo atenção ao protagonismo preto em suas relações. O projeto se conecta com a minha ancestralidade, saudando os que vieram antes. Tem música para você viver em vários momentos da sua vida. Eu gosto de dizer que é a minha playlist perfeita. É, sem dúvidas, o projeto mais importante da minha carreira até então”, declarou WD.   

Além de sua narrativa, o álbum de estreia de WD também apresenta um conceito centrado no alter ego de “MAGNÉTICO”. Filho dos Deuses das Águas, essa figura personifica a atração psíquica e magnética, guiando os ouvintes por uma jornada musical enquanto ele mesmo busca respostas sobre sua própria identidade.


MAGNÉTICO” representa um marco não apenas na carreira de WD, mas também na cena pop brasileira. O álbum foi produzido pela Mousik, com composições de WD, Umberto Tavares, Jefferson Júnior e Stefan Baby. O projeto traz participações de Majur, Wanessa Camargo, Lia Clark, MC Soffia e DJ 2F e, ao longo de suas 15 faixas, promove uma experiência que desafia as fronteiras da música contemporânea. 


Descrito como um projeto de pop afrolatino, WD incorpora elementos da música latina, especialmente do bolero, tango e da bachata, e os mescla com afrobeats e referências do pop. Com melodias envolventes e letras provocativas, o cantor, um artista pop, preto e periférico, conduz os ouvintes por uma odisséia emocional que celebra a paixão, a ternura e a redenção. 


“‘MAGNÉTICO’ é um projeto de música pop afrolatina, um álbum afrocentrado, que traz um corpo preto falando sobre suas vivências em diversas camadas, trazendo atenção ao protagonismo preto em suas relações. O projeto se conecta com a minha ancestralidade, saudando os que vieram antes. Tem música para você viver em vários momentos da sua vida. Eu gosto de dizer que é a minha playlist perfeita. É, sem dúvidas, o projeto mais importante da minha carreira até então”, declarou WD.

 

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page