top of page

O Samba pede passagem e a Fundação de Cultura investe 1.6MI no carnaval do Estado

O grito de carnaval como todo bom brasileiro sabe, antecede a maior e mais tradicional festa nacional. Em cada canto do país é uma festança diferente; cheia de cor, música, cultura e muita gente bonita com gingado e samba no pé. Em Mato Grosso do Sul não é diferente do restante do país tropical, e foi pensando nossa grande festa que o Governo de MS, por meio de sua Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), assinou o termo de fomento que disponibiliza R$ 1.620 Milhões para a promoção das duas maiores festas momescas de MS: Corumbá e Campo Grande.



As Ligas Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco) e Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá (Liblocc) vão promover o carnaval de rua e o desfile das escolas de samba da Cidade Branca, enquanto a Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande (Lienca) promoverá a festa da Corte de Momo na Cidade Morena.


O diretor presidente da FCMS, Max Freitas salienta a importância, o apelo cultural e o benefício que o carnaval traz para o Estado: “O carnaval é uma festa que apoia o comércio local e aumenta o trade turístico nas cidades. A fruição e o fomento que a folia gera para nossa cultura fica, além de dar à população uma festa cheia de atrações durante os quatro dias de festa”, explica.


O lançamento da folia na Capital, que tem o apoio da Secretaria Municipal de Turismo (Sectur) acontece na próxima sexta-feira (20), a partir das 19h no Armazém Cultural. A secretária Mara Bethânia Gurgel, corrobora com a fala de Max Freitas e reconhece a importância cultural e econômica do Carnaval de Campo Grande. “Celebramos, mais uma vez, uma parceria com o Governo do Estado e a Lienca para juntos realizarmos uma grande festa cheia de alegria, diversão e segurança”, salienta.

0 comentário

コメント


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page