top of page

Pela 1ª vez na prova 21k, em Bonito, atleta paralímpica treina para alcançar índice para Tókio

A atleta paralímpica Livea Flor Rodrigues participa neste ano, pela primeira vez, da prova 21k, em Bonito (MS), que é realizada pela H2O e o Sesc MS. A meia maratona foi homologada este ano pela Confederação Brasileira de Atletismo, passando a integrar o calendário oficial das corridas brasileiras e será oportunidade para Lívea treinar para a próxima maratona, em que vai buscar índice para ir à Tókio (Japão).

Livea conta que neste ano, com a pandemia, o calendário ficou prejudicado, mas o foco não foi abalado, de olho em 2021. “Sempre tive vontade de participar da 21k, mas não tive condições e esta oportunidade de ir me deixa muito animada porque vai me ajudar no treino, além de conhecer um lindo lugar”, conta a atleta, que vive em São Paulo.


Há quatro anos no esporte paralímpico, Livea convive com a baixa visão desde os 07 anos de idade, mas somente se descobriu como deficiente visual aos 30 anos. Aos 25 começou a praticar corridas, primeiro na esteira, na academia e depois nas ruas. “Mesmo trabalhando ou estudando, corria no meu bairro e todos me conheciam. Sempre corria no geral, não conhecia a categoria de pessoas com deficiência, não sabia que existia. Comecei a pegar pódio, trabalhava em uma instituição financeira e ia correndo, no horário do almoço fazia treino e voltava correndo para casa com o marido como guia. Eu não tinha tempo, mas não queria desistir da corrida”, relata.


Foi com as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, que teve contato com o Paratletismo, um momento crucial uma vez que seu problema de visão se agravava. “Sempre fui muito independente e cheguei ao ponto de precisar das pessoas para me ajudar. A corrida me ajudou a ver que eu era capaz de fazer algo grande, porque independente do seu grau de escolaridade ou experiência, se você é determinado, consegue se destacar e manter a autoestima elevada”. Formada em Pedagogia, Livea divide a rotina de treinos com a família, é casada e tem dois filhos.


21k – De 04 a 06 de dezembro a cidade de Bonito (MS) vai sediar a 6ª edição da prova 21k, de corrida, que este ano passará a contar com a chancela da CBAt, evidenciando o Mato Grosso do Sul no mapa oficial das provas nacionais. A perspectiva é que nesta edição sejam 1500 participantes em corridas e 300 para prova de speed bike, levando, no total, 7000 visitantes para Bonito no período.


“Chegar ao sexto ano é fruto de um trabalho muito árduo e entramos no processo no ano passado porque a missão deste evento tem uma convergência com a missão institucional do Sesc, que é de educar para a conquista da qualidade de vida. A atividade física é um dos pilares que leva à conquista da saúde e bem-estar”, observa a diretora do Sesc MS, Regina Ferro, destacando que todos devem exercitar-se, não somente atletas. A prova leva envolvimento de toda a comunidade de Bonito, trazendo benefícios não somente ao município, mas todo o Estado.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page