top of page

Sidrolândia recebe oficina de danças urbanas e workshop pelo ´Rede Hip Hop´

Atividades são gratuitas.

A partir de 02 de maio o projeto itinerante ´Rede Hip Hop – Arte no Entorno´ realiza gratuitamente uma oficina de danças urbanas e um workshop de lambe-lambe em Sidrolândia-MS, no Ginásio Olegário da Costa Machado. O projeto está sendo realizado com o incentivo do Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC), da Fundação de Cultura de MS (FCMS), do Governo do Estado de MS.



Esta é a segunda edição do projeto, que teve início em 2018. O objetivo do ´Rede Hip Hop – Arte no Entorno´ é difundir o ensino das danças urbanas nos munícipios que rodeiam a capital, aproximando, democratizando o acesso e estimulando iniciativas ligadas ao movimento Hip Hop. Esta edição está sendo realizado pelos produtores e artistas da dança Ralfer Campagna e Lívia Lopes.

Oficina aproximará participantes das danças urbanas

Em Sidrolândia-MS, a oficina acontecerá em todas as terças-feiras, das 9h30 às 11 horas (turma 1) e, das 13h às 14h30 (turma 2); totalizando 120 horas de atividades. Serão disponibilizadas 50 vagas e as aulas serão abertas ao público em geral; crianças (a partir dos 10 anos), jovens e adultos. As aulas serão ministradas pela artista da dança Beatriz Ramos, que mediará o processo de vivência e de conhecimento teórico-prático da linguagem. Informações e inscrições pelo telefone (67) 3272-2611.

Beatriz Ramos é professora, coreógrafa, intérprete-criadora e dançarina. Iniciou sua trajetória profissional no Grupo Streetpop em 2006 e depois no Grupo FUNK-SE. Participa regularmente de cursos e eventos internacionais como o ´Festival Internacional de Curitiba (FIH2)´ e o ´Festival Internacional de Dança do RJ (Rio H2K)´. É professora e coreógrafa desde 2016, direcionada pelo diretor e coreógrafo Edson Clair. Atualmente é diretora artística no Grupo Streetpop, dançarina, intérprete-criadora em espetáculos e professora de Hip Hop Dance no Espaço FNK. e, de Street Dance, no Educandário Getúlio Vargas.

Pela primeira vez o projeto irá oferecer um workshop de lambe-lambe. Em Sidrolândia serão disponibilizadas 30 vagas e, os participantes, terão 10 horas de atividades. O workshop será ministrado por Leonardo Mareco, que mediará os encontros.

O encerramento do projeto será realizado em duas etapas. Na primeira etapa haverá uma mostra de dança local e, na segunda etapa, uma mostra em Campo Grande com participação e integração de todos os municípios participantes, além de uma programação complementar com workshops, roda Jam com DJ, espetáculo convidado, mostra dos resultados e performances de grupos convidados.

Serviço: informações e inscrições para as atividades do projeto em Sidrolândia pelo telefone (67) 3272-2611 ou no Centro Social. Mais informações sobre o projeto “Rede Hip Hop: Arte no Entorno” pelo email redehiphopms@gmail.com, pelo Facebook www.facebook.com/paginaredehiphop e pelo Instagram www.instagram.com/redehiphopms/.

Investimento

Fundo de Investimentos Culturais - FIC/MS

Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – FCMS

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Apoio

Prefeitura Municipal de Sidrolândia

Parceria

Associação das Mulheres das Favelas de Mato Grosso do Sul

Central Única das Favelas - CUFA/MS


Texto: Isabela Ferreira / Reconta Conteúdo




0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page