top of page

6ª edição do festival Expressão de Rua acontece neste fim de semana no Anache e na Nasser

Para mostrar a força da cultura de rua e dos movimentos artísticos urbanos, será realizado neste sábado (19) e domingo (20) o festival Expressão de Rua. Esta é a 6ª edição do evento, que conta com atrações do rap, rock, samba, além de intervenções de grafite, circo, teatro, entre outras expressões artísticas que ocupam a rua.


Com objetivo de disseminar e proporcionar o acesso aos movimentos artísticos urbanos para quem, muitas vezes, não tem a oportunidade de sair da periferia para chegar aos bairros centrais e circular em eventos como este, o festival escolheu os bairros Anache, no sábado, e vila Nasser, no domingo, ambos na região Norte de Campo Grande.



“Estes bairros foram escolhidos após pesquisa, onde conversamos com presidentes dos bairros, com moradores e artistas, porque o evento é feito assim. Não somos um festival voltado somente para o hip hop e sim para as expressões de rua, expressões comunitárias, então vamos atrás do que está rolando nos bairros distantes do Centro. Este é o norte do festival”, afirma o ator, músico e produtor artístico Eduardo Miranda Martins, que é um dos organizadores do Expressão de Rua.


No sábado, as atrações começam a partir das 14 horas no Centro Comunitário do Jardim Anache e haverá exibições de obras audiovisuais feitas com recursos da Lei Aldir Blanc pelo cineclube Transcine, Dj Rambo, Palhaço Sorryso, Nação Hip-hop Brasil MS, Engenheiro Edson e microfone aberto para artistas que queiram se apresentar.


Já no domingo, logo cedo, o festival já começa em parceria com o campeonato Veteranos do Futebol, que faz parte do circuito Terrão de futebol amador. Às 12 horas haverá roda de samba com feijoada e das 15h às 23h acontecem shows com mais de 20 grupos de hip hop, rock e samba, como Engenheiro Edson, Rapper Amém, Nalkimia, Versus 67, A Insana Corte, entre diversos outros. Ainda haverá grafite ao vivo com Marilena Grolli, San Martinez, Erika Pedraza, circo com palhaço Sorriso, teatro e muito mais.


“Precisamos de eventos com o hip hop e manifestações de rua como protagonistas, pois não são simples entretenimento, fazem parte da formação política dos artistas e cidadãos, inerente à formação humana. Esses artistas são escolhidos porque muitas vezes não tem a oportunidade de participar de grandes festivais proporcionados pelo Estado, não ganham cachê, não tocam num palco decente e legal, queremos gerar essa oportunidade a eles, até para que consigam portfólio e possam vir a fazer parte deste circuito”, pontua Fernanda Bagordakis, coprodutora do evento.


Histórico


O festival Expressão de Rua começou em 2013, visto a necessidade de Campo Grande e Mato Grosso do Sul em ter eventos de grande porte que coloquem o hip hop e manifestações artísticas de rua como protagonistas. Ele começou e se mantém como um festival multicultural e interdisciplinar com break, grafite, rap, skate, rock, samba, circo, teatro, entre outras manifestações que integram o universo da rua.


Além disso, sua programação envolve a formação de novos artistas, por meio de oficinas e debates sobre problemas sociais e cotidianos, iminentes da população mais vulnerável. Este primeiro festival ocupou as ruas da cidade com um universo cultural que, naquela época, já era um enfrentamento, que condizia na ocupação dos espaços públicos, que estavam carentes de eventos culturais e, também, pelos artistas da cultura de rua se sentirem excluídos das políticas públicas voltadas para a classe cultural.


Após 2013, o festival aconteceu nos anos de 2014, 2015, 2018 e agora, em 2022, chega à sua sexta edição. Já passaram pelo palco do festival artistas como Engenheiro Edson, Marina Peralta, Gilson Espíndola, Falange da Rima, Locoleste, Prontuário, Alien Sputnik, Rastanigga, entre muitos outros.


*Serviço -* No sábado (19), o evento acontece a partir das 15 horas, no Centro Comunitário do Jardim Anache, que fica na rua Jacob Georges, esquina com a rua dos Mocinhos. No domingo (20), a partir das 9 horas, o Expressão de Rua vai para a Arena Vila Nasser.

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page