EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Dia internacional do voluntariado relembra a humanidade para o sentido de agir pelo outro

Voluntários da Fraternidade sem Fronteiras mostram que é possível transformar o mundo para melhor com iniciativas simples

Neste sábado - 5 de dezembro – é comemorado o dia internacional do voluntariado. Na Organização Humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF), a maior parte das ações é realizada, no Brasil e no exterior, por voluntários, pessoas que doam tempo e/ou habilidade em prol de uma determinada causa, sem receber nada em troca.


“São muitas as formas de ser voluntário. É um movimento espontâneo, que, dentro da nossa estrutura, precisa apenas respeitar os valores da FSF. Neste sentido, para quem deseja ajudar, o céu é o limite. Vale a criatividade de cada um”, explica Ângela Soares de Araújo, gerente de voluntariado da FSF.


São várias as possibilidades de ações voluntárias que nasceram a partir da atitude de pessoas ligadas à FSF. Um exemplo é a ação contínua nas comunidades de baixa renda em Aracaju - SE, realizada por voluntários da FSF. À frente da iniciativa está a Rita Benevides. Lá, eles higienizam, secam e costuram caixas de leite, que são colocadas nas estruturas da casa, mantendo uma temperatura estável no ambiente, mesmo submetida ao frio e calor intensos. Com isso, diminui-se a incidência de doenças, proporcionando mais conforto às famílias.

Outra ação partiu de um casal residente no Distrito Federal, que convidou as pessoas, neste ano, para uma festa de casamento online. Em vez de presentes, os noivos pediram doações para a construção de uma escola em Moçambique, na África, dentro do Projeto Acolher Moçambique coordenado e mantido pela FSF.


Há ainda o caso de costureiras espalhadas por todo o país que doam trabalhos manuais para a produção de bonecas de pano. A venda gera renda e recursos aos acolhidos da Fraternidade sem Fronteiras.


Também tem estudantes, como em São Paulo, que fazem docinhos para vender na escola, doando o dinheiro arrecadado para os projetos da FSF, ou ainda grupo de voluntários, em Campinas -SP, que todo ano faz pequenos eventos, como almoços e jantares, reunindo amigos, com a proposta de levantar recursos para a viabilização de projetos da FSF.

Como ser voluntário


Para participar das ações de voluntariado basta ter a vontade sincera de servir e enviar um e-mail para voluntarios@fraternidadesemfronteiras.org.br.


E qual o ganho em ser voluntário? Ângela tem a resposta. “Quando estamos verdadeiramente abertos e entregues, sentimos felicidade, bem-estar, paz de espírito, sentido de vida, saúde por cuidar do próximo, por preencher o nosso tempo com ações úteis e transformadoras. É um processo constante no aprendizado do que é o amor”.


Para a psicóloga Adriana Dornellas, de Brasília, participar, como voluntária, da FSF a ajudou a ser mais altruísta. “Conheci a organização pesquisando pela internet, em 2017, e, desde então, busco participar ativamente das campanhas e atividades promovidas pela ONG”, conta a voluntária, que já viajou para África, quatro vezes, em missão humanitária pela FSF, e deixa um recado para quem ainda não participa de trabalhos desta natureza: “Venha! Você vai sentir seu coração pulsar fora do peito”.


Programação – Para o Dia Internacional do voluntariado, serão feitas duas transmissões ao vivo pelas redes sociais da Fraternidade sem Fronteiras, do Brasil e do exterior, com a participação de voluntários, coordenadores de projetos e divulgadores da causa. A primeira transmissão ao vivo será, às 11h (horário de Brasília), pelo Instagram da FSF, e às 16h (horário de Brasília) pelo Youtube.


0 comentário
gif eu sou ms.gif
Video.gif
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Para Você.jpg