top of page

Projeto "ODS nos Muros” encerra atividades com roda de conversa e galeria digital

Coordenado pela Fuá Produções, o projeto “Agenda 2030: ODS nos Muros” coloriu 17 muros de Campo Grande com cores e temas que retratam a urgência pelo desenvolvimento sustentável do planeta.


Depois de doze meses de muito trabalho árduo e criativo, o projeto "Agenda 2030: ODS nos Muros" chega em sua reta final com uma programação especial, que vai de uma galeria digital (mapeamento das obras) até uma roda de conversa com mulheres artistas. O evento de encerramento será realizado no sábado (23), a partir das 18h, na Estação Cultural Teatro do Mundo, que fica na Rua Barão de Melgaço, n.º 177, centro da Campo Grande. A entrada é gratuita.


Artista Alice Hellman pintando a ODS de número 13

Com a participação de 17 talentosas artistas, cada uma dedicada a representar um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o projeto transformou os muros de escolas públicas em verdadeiras obras de arte, transmitindo mensagens poderosas de conscientização social e ambiental.


“Foi um projeto grande porque considerando desde a pré-produção até aqui, somamos um ano de trabalho”, lembra a proponente do projeto e coordenadora da Fuá Produções, Julia Basso, que vê na atividade de encerramento a possibilidade de reunir todos os atores que deram o tom dessa iniciativa. “Foram mulheres de diferentes lugares de MS que participaram, contamos com parceiros como a Mucha Tinta e com o Bernardo Bravo, ambos de Curitiba. Agora, a gente vem com essa roda de conversa pra reunir todo mundo. Como o projeto aconteceu nas escolas, ambiente de alunos e professores, essa é a oportunidade de ampliarmos para mais pessoas”.


Julia, explica que razão das obras terem sido pintadas na parte interna dos muros escolares, devido uma norma da RED – Rede Estadual de Educação – de manter uma pintura externa padrão entre as escolas. A galeria digital serve de plataforma de acesso ao projeto para toda a população.


“Há um site criado para todo mundo ter acesso. A ideia de fazer um mapa digital é justamente por ter essa dimensão geográfica, de que as obras estão em todas as regiões da cidade, e daí a necessidade de ter um lugar em que as pessoas possam ver as imagens, entender do que se trata. Ao navegar no site, a pessoa consegue ter informações sobre cada artista e cada ODS. Tudo está detalhado ali.”, informa Julia.


Artistas - Ladys, Maria Carol, Maria Angélica Chiang, Érika Pedraza, Bárbara Dantas, Nathálya Escobar, Letycia Almeida, Patrícia Helney, Gabriela Bonifácio, Bruna Maia, Jaqueline Cabral, Thalita Valiente, Alice Hellman, Natacha IK, Maria Auxiliadora, Isabê e Daniele Castro são as artistas que deram cores e formas ao projeto.  Trabalho que pode ser conferido online pelo site: www.odsnosmuros.com.br.


E, quem participar do evento de encerramento terá a possibilidade de entender detalhes de como foi projetado esse mapa virtual, bem como conhecer e conversar com as artistas que deram cores e formas a esse projeto. Além de curtir o som da DJ Maíra Micura. Também haverá uma intérprete de Libras à disposição durante todo o encontro.

Para a assistente de produção, Thallitha Leal, que acompanhou todo o processo de criação das artes nos muros, essa atividade de finalização é mais que uma comunhão com a sociedade, representa mais um importante lugar de fala dessas mulheres que escolheram a arte como profissão.


“Infelizmente, aqui a gente tem pouca representatividade, pouca acessibilidade com projetos voltados para mulheres. Então, o projeto teve uma grande importância, não só sobre a questão dos objetivos sustentáveis para a gente buscar uma melhora do planeta, mas, também, na representatividade que ele trouxe com as 17 artistas mulheres do nosso estado”, lembra.


Vivência - Por falar em protagonismo feminino, Alice Hellman e Nathálya Escobar compartilham uma visão semelhante da experiência de ter passado pelo projeto “ODS nos Muros”, que muito além das cores, construiu pontes, canais de comunicação entre as artistas, abrindo caminhos para novas parcerias e fortalecendo vínculos entre a equipe envolvida.


“Achei a ideia do projeto surreal, principalmente por ser um projeto criado por mulheres, executado por mulheres, entendeu?! Contratando outras mulheres, isso assim, é de suma importância, ainda mais porque a gente [artista] estava fazendo esses trabalhos dentro de escolas e voltado realmente a interagir, conversar com alunos, professores e até mesmo os pais que, na hora que a gente pintava, puxava conversa”, lembra Nathálya que retratou na Escola Estadual José de Mamede de Aquino, a ODS de número seis - “Água Limpa e Saneamento”.


“As mulheres vêm fazendo sua arte e se destacando, se inserindo na história do muralismo, com muita profundidade e o projeto deixa bem nítido o quanto a cena feminina de MS é forte”, afirma a artista Alice que, também, destacou momentos marcantes que teve na escola, em especial, quando uma adolescente grávida se viu retratada em sua obra. “Minha pintura tem um bebê do lado esquerdo e, do direito, uma semente brotando. E, a jovem quando viu, pôs a mão na barriga e disse que iria plantar uma árvore para que ambos pudesse crescer juntos”, pontuou ela que retratou a 13º ODS – “Ação Contra a Mudança Global do Clima” – na Escola Estadual Lino Vilachá.


“Agenda 2030: ODS nos Muros” é fruto da parceria da Fuá Produções com a Mucha Tintas e Bernardo Bravo Produções, ambas produtoras culturais do Estado do Paraná. O projeto conta com financiamento do FIC – Fundo de Investimentos Culturais – da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), do Governo do Estado. Mais informações sobre o projeto acesse o Instagram e Facebook, @fuaproduções ou o site www.fuaproducoes.com.br/.

 

ODS nos Muros - Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma série de metas globais criadas pela ONU para serem alcançadas até o ano de 2030 e assumidas em um acordo assinado por 193 países. O objetivo é colaborar com a qualidade de vida, conservação da biodiversidade e manutenção dos recursos naturais do planeta.

Nesta agenda estão 17 ODS: Erradicação da Pobreza (1); Fome Zero e Agricultura Sustentável (2); Saúde e bem estar (3); Educação de qualidade (4); Igualdade de gênero (5); Água limpa e saneamento (6); Energia Limpa e Acessível (7); Trabalho decente e crescimento econômico (8); Inovação infraestrutura (9); Redução das desigualdades (10); Cidades e comunidades sustentáveis (11); Consumo e produção responsável (12); Ação contra a mudança global do clima (13); Vida na Água (14); Vida Terrestre (15); Paz, justiça e instituições eficazes (16) e Parceria e meios de implementação (17).


Serviço:


Projeto "Agenda 2030: ODS nos Muros" – encerramento

Data: Sábado (23 de março)

Local: Estação Cultural Teatro do Mundo

Horário: A partir das 18h

Endereço: Rua Barão de Melgaço, n.º 177, Campo Grande

Entrada Franca

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page