EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

100 anos da Morada: A história da Morada dos Baís


A Morada dos Baís é um dos símbolos arquitetônicos da Capital. Situada entre as avenidas Afonso Pena e Noroeste, a residência marca a história de Campo Grande, sendo o segundo sobrado do contexto urbano da capital e o primeiro edificado em alvenaria, com argamassa de saibro, cal e areia. Uma das curiosidades do prédio é que ele era coberto originalmente com telhas de ardósia vindas da Itália.

O autor do projeto foi o engenheiro João Pandiá Calógeras, e a construção foi feita pelo Sr. Matias, imigrante italiano, acompanhada pelo próprio Bernardo Franco Baís, proprietário do imóvel. A obra, concluída em 1918, passou a ser residência da família.

Em 1938, o patriarca Bernardo Franco Baís morre aos 77 anos. Após o falecimento de Baís a família se muda de residência.

O prédio então é alugado a Nominando Pimentel, que instalou no local a Pensão Pimentel. A pensão funcionou no prédio, com sucessivos proprietários, até 1979.

Em 29 de junho de 1974, ocorre um grande incêndio no prédio, destruindo todo o madeiramento da cobertura, telhas de ardósia e pisos de madeira. Na reforma, pela impossibilidade de se conseguir as telhas originais, a cobertura foi feita com telhas de barro tipo francesa.

A Pensão Pimentel deixa de existir, sendo o prédio destinado a diversos usos comerciais: sapataria, escola de rádio e TV, casa lotérica, alfaiataria, até entrar em período de abandono e depredação.

Apenas em 1986, por meio do Decreto n.º 5390, do Prefeito Juvêncio César da Fonseca, o prédio e tombado como patrimônio histórico do município.

Em 1993, por meio de uma parceria entre a Prefeitura municipal de Campo Grande e o Sebrae/MS foi realizada um grande projeto de restauração e reforma do prédio. Neste momento a família Baís cedeu todos os direitos referentes ao prédio e ao terreno para o município.

Em 1995 é inaugurado o Centro de Informações Turísticas e Culturais no local e o Museu Lígia Baís com obras e pertences da artista.

Em 2015, por meio de uma parceria entre o município e o Sesc/MS é realizada uma nova reforma no local. A parceria também autoriza a gerencia da Morada dos Baís pelo Sesc/MS, que desde 2016, transformou o local em um grande palco das manifestações culturais e artísticas da capital.

A Morada dos Baís é aberta a visitação e tem uma extensa programação cultural. Ela fica na Av. Afonso Pena, 1661 - Centro, Campo Grande - MS, 79002-070, Brasil.

Com informações: PMCG

Foto: Flávio André / MTur

#gente #relax #diversão

0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png