top of page

3 artistas brasileiros que iniciaram no R&B e você não sabia

Quem nunca saiu cantando a plenos pulmões o sucesso “Te Devoro” de Djavan, ou “Olhos Coloridos” de Sandra de Sá, e até mesmo “Taj Mahal” de Jorge Ben? O que muita gente não sabe é que esses grandes ícones da música nacional nasceram sob a influência do Rhythm and Blues mais conhecido como R&B.


Nascido nos Estados Unidos no final da década de 40, o movimento musical designava, a princípio, a música negra norte-americana (jazz, soul, blues e gospel). Com o passar do tempo, e principalmente a partir dos anos 80, o estilo passou a agregar elementos do pop, hip hop e funk, se aproximando do som que conhecemos hoje com o R&B/POP. Grandes representantes mundiais como Marvin Gaye, Lauryn Hill e Aretha Franklin fazem parte dos artistas que disseminaram esse ritmo.


Embora este ritmo tenha nascido nos Estados Unidos, temos muitos representantes brasileiros dando voz ao flow sensual e à batida marcante do gênero. “Muitas pessoas não sabem, mas diversos cantores brasileiros têm suas raízes no R&B. Como amante do gênero, ouço muito e tento contemplar todos, acho que o swing do ritmo e a batida sensual tem tudo a ver com nosso país”, comenta Gábri, que acabou de lançar seu mais novo hit “Outra Dose”.


Mesmo sendo um gênero universal, o R&B ainda é pouco consumido no Brasil. Pensando em ajudar na disseminação do ritmo, a cantora listou 3 artistas brasileiros nascidos no R&B, confira abaixo:

Djavan: Com mais de 40 anos de carreira, Djavan é um dos cantores brasileiros mais completos. Seu estilo mescla ritmos como o samba, jazz e blues, mas teve início no R&B. Canções como “Te devoro”, “Flor de Lis”, entre outras, ultrapassaram gerações e fazem sucesso até hoje. Recentemente, Djavan se apresentou no palco mundo no “Rock in Rio” e cantou seus sucessos atemporais, levando o público à um momento de muita nostalgia.


Sandra de Sá: É conhecida como rainha do Soul brasileiro. Com sua voz grave, de ancestralidade Africana,Sandra de Sá tem uma longa trajetória no cenário nacional e internacional. Sua carreira começou na década de 1980 e foi fulminante. Grandes apresentações rodaram o país e suas músicas, muitas composições próprias, foram tema de novelas como “Enredo do meu samba”, “Picadinho de macho”, entre outras.


Jorge Ben: O multi-instrumentista, compositor e cantor tem importância ímpar no cenário musical nacional. Seu estilo e misturas musicais, transformaram a MPB, trazendo inovação e modernidade. Seu primeiro sucesso, “Mais que nada” está prestes a completar 40 anos em 2023 e é umas das canções mais executadas internacionalmente. Outras como “País tropical”, “Taj Mahl” e “A banda do Zé Pretinho” também foram sucesso fora do país e até hoje são referências no Brasil.

Sobre Gábri


Extremamente criativa e musical, Gábri já mostra ao mundo a que veio. Com voz marcante, a cantora e compositora paulista Gábri estreou na cena musical em 2021 com as faixas “Conhecer Você”, “Jeito de Amar” e “Baunilha”. A artista tem construído sua musicalidade dentro do Pop e R&B.

A personalidade forte, o espírito livre, seu jeito bem resolvido e a facilidade de compor são as marcas registradas dessa artista completa de apenas 25 anos.

0 comentário

Commentaires


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page