EUsouMS SESSION PLANA.png
respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

Encontro inédito: dois conhecidos artistas da dança de MS estreiam espetáculo ´Desenho do Tempo´

Apresentações começam quinta-feira (07). Ingressos são gratuitos e limitados.

Conexão e partilha. Dois conhecidos artistas da dança sul-mato-grossense. Dois grandes amigos com um desejo comum de voltar a dançar. Um encontro poético, para celebrar anos de amizade e trabalho. Uma oportunidade inédita para os apreciadores da dança sul-mato-grossense. Renata Leoni e Marcos Mattos voltam aos palcos, juntos, com o espetáculo ´Desenho do Tempo´, nos dias 07, 08 e 09 de julho, às 20 horas, no SESC Cultura e em 10, 14, 15 e 16 de julho, às 20 horas, na Casa de Ensaio. Este espetáculo foi vencedor do concurso 1º Prêmio Ipê de Dança – 2021, com o nome provisório de ‘Inventário’, promovido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - SECTUR.


“Partimos de um desejo comum de voltar a dançar depois de anos colaborando em múltiplas atividades: escrevendo e produzindo projetos, dirigindo espetáculos, coreografando um ao outro, conversando sobre políticas públicas para a cultura, refletindo sobre modos de sobreviver, sonhando juntos. E por que não dançar tudo isso? Passamos, então, a projetar um outro encontro, mais poético, para celebrar essa trajetória de anos de amizade e colaboração”, descreve Marcos.

Na direção, no palco e na produção: artistas fazem parte da história da dança sul-mato-grossense

Marcos Mattos atua profissionalmente na área da dança há 20 anos como bailarino, performer, coreógrafo, diretor, produtor, pesquisador e intérprete. Graduado em Educação Física e pós-graduado em dança pela UCDB, é diretor e gestor da Cia Dançurbana desde 2002, uma das companhias mais atuantes e de destaque em MS. Integra a Arado Cultural, fazendo a curadoria, produção e gestão de festivais de dança realizados em MS. Faz parte do Conectivo Corpomancia, eixo colaborativo de artistas. Coordena o Colegiado Setorial Municipal e Estadual de Dança. Atua ainda como gestor e coordenador das atividades da Casa de Ensaio e é ministrante do Curso Dramaturgias em dança pelo Sesc Nacional.

Já Renata Leoni começou a carreira na área de dança há mais de 30 anos. Pós-graduada em dança pela UCDB, é artista da dança, produtora e gestora cultural. Atuou na Ginga Cia de Dança, a mais antiga de MS, como bailarina (1991-2000) e em 1998 passou a codirigir e produzir os espetáculos da Cia, onde permaneceu até janeiro de 2017. Integra o Conectivo Corpomancia, eixo colaborativo de artistas e, atua na direção artística da Cia Dançurbana desde 2020.

Espetáculo é dirigido por coreógrafa carioca Esther Weitzman

Renata conta que ela e Marcos iniciaram este projeto em 2020, pouco antes da pandemia: “Nós mesmos faríamos tudo. Já estávamos acostumados a isso. Foi quando, em 2021, quase dois anos depois, pensamos em nos presentear com esta criação, convidando alguém para nos coreografar, para cuidar de nós. Então lembramos da coreógrafa e amiga Esther Weitzman, principalmente porque queríamos uma dança que abrisse diálogos entre nós e o mundo. Esther, com sua energia, generosidade e delicadeza nos conduziu amorosamente neste caminho. Finalizamos o percurso aquecidos, literalmente: nossos corpos, nossas almas, nossos corações”.

Coreógrafa aclamada no Brasil, Esther Weitzman criou a sua Companhia de Dança em 1999, firmando-se como coreógrafa no cenário da dança brasileira com vários prêmios e indicações recebidas. Sua Companhia tem recebido excelentes críticas especializadas e indicações de melhores espetáculos pelo jornal O Globo. Em 2019 sua Companhia foi indicada na Categoria Especial pelo Prêmio de Dança Cesgranrio. Foi coreógrafa das óperas encenadas no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, assinadas por Bia Lessa (O Trovador-2010) e Alberto Renault (Fidélio-2008) e a ópera Aída no Theatro Municipal de São Paulo, com direção de Bia Lessa (2020). Esther é especialista em Arte e Filosofia (PUC/RJ,2006) e formada em dança pela Escola Angel Vianna no Rio de Janeiro.

“Sobre ´Desenho do Tempo´, já posso contar um pouco para vocês, é fruto de muito afeto e conexão entre seres que formam uma parceria muito especial e que nos ensinam que afeto e respeito de um indivíduo a outro reluz e é isso que nos faz melhorar até o fim de nossas vidas”, destaca Esther.

Serviço: o espetáculo ´Desenho do Tempo´, com Renata Leoni e Marcos Mattos, será apresentado nos dias 07, 08 e 09 de julho, às 20 horas, no SESC Cultura (av. Afonso Pena, 2270) e nos dias 10, 14, 15 e 16 de julho, às 20 horas, na Casa de Ensaio (rua Visconde de Taunay, 203, Bairro Amambai). Os ingressos são gratuitos e limitados; serão distribuídos sempre uma hora antes de cada apresentação. Classificação: livre. Mais informações na página da Arado Cultural no Instagram.

Produção:

Arado Cultural

Apoio Cultural:

Casa de Ensaio

SESC Cultura

Investimento:

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - SECTUR.

Prefeitura Municipal de Campo Grande.

“Este espetáculo foi vencedor do concurso 1º Prêmio Ipê de Dança – 2021” com o nome provisório de Inventário.



Texto: Isabela Ferreira / Reconta Conteúdo

Fotos: Vaca Azul



0 comentário
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Video.gif

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

EUsouMS 2020.png