EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg
  • eusoums

Essa carta é para você

Antes de começar o texto de hoje, quero deixar o meu MUITO OBRIGADA, em caixa alta, para enfatizar o quanto fiquei grata pelas mensagens que recebi sobre o texto “Cont;nue”, da semana passada: OBRIGADA! 

Essa carta quero escrever para você que está passando por isso. Que está sem rumo na vida e totalmente perdido. Essa carta é para você que acredita que essa tempestade está forte demais, que perdeu a direção, que não encontra caminho e acredita que tudo está perdido. 


Essa carta é para você que está na luta contra a depressão. Contra os pensamentos suicidas diários. Que enfrenta de cara esse mal do milênio. Que esconde suas lágrimas por medo de julgamento. Que sorri para fingir estar tudo bem, onde na verdade, somente está fazendo isso para se encaixar na sociedade, ou o que ela diz ser “correto”. 



Essa carta é para você! 


Sei que essas palavras não vão te atingir da forma como gostaria, mas se você está lendo até aqui, já estou feliz. Para agora. Respira fundo três vezes. Fecha os olhos, imagina um lugar de paz e faça isso. (Vai, fecha sim! Volta daqui uns segundos, eu espero).


Sentiu? Sentiu esse ar entrando, passando pelo nariz e enchendo seus pulmões? Lembrou da paisagem bonita? Se imaginou naquele lugar? Não? Ahhhh... Vamos novamente. Imagine um lugar que você ama ir, um cheiro que adora sentir, respire beeeem fundo três vezes. Vamos lá! 


Aposto que sentiu, e mais, até sentiu saudades da sensação de estar lá. Você resgatou memórias lindas vividas. Você acabou de provar a si mesmo que está vivo. E também, que pode sim reviver tudo isso. 


Agora você fala: nossa, Aryana! Que truque besta. Que golpe baixo. Que insanidade dizer isso. Então já respondo: não é golpe viver, não é truque sentir, não é insanidade querer sua vida de volta. 


Isso porque eu não falei sobre aquela viagem dos sonhos que você programou tanto. Sobre aquele curso que tanto posterga para fazer a matrícula, “por falta de tempo”. Não disse sobre sua playlist preferida. Sobre seus filmes prediletos e nem citei os seriados que acompanha e, que vão lançar próximos episódios. Não disse sobre o gosto do seu drink favorito, sobre sua preferência de campo ou praia. Não comentei sobre o quanto seu sorriso é lindo. (Que clichê, eu sei), mas é. Não falei sobre o festival de música que vai ter ano que vem e sua banda favorita vai estar. Não disse sobre as mensagens que você não quis visualizar. Sobre a bagunça do quarto que ficou de arrumar e só foi aumentando. 


Não falei sobre os beijos que você não deu ainda. Sobre os abraços apertados que te esperam. Sobre sua família, que pode até ser bagunçada, ou não tão tradicional, mas que sentiriam sua falta imensamente. Não falei sobre a roda de amigos que ficaria incompleta sem você, que vez ou outra alguém falaria de ti, todos iriam se emocionar, um olharia para o outro e sempre teria um amigo indignado questionando o porquê de você ter feito isso. 


Não falei sobre as paisagens que você não iria mais ver. Sobre os lugares que não iria passar. Sobre os cheiros que não iria sentir. Sobre momentos em que não estaria mais presente. 


Na verdade, eu praticamente não falei nada. O que posso dizer é que essa dor imensa que você está sentindo, vai passar. Sério. (Nossa, Aryana! Clichê mais uma vez). Não, não é. Ela passa. Pode demorar, mas passa. Ela é agonizante, aterrorizante, eu sei. 


Você quer arrancar o peito. Quer sair gritando para o mundo ficar em silêncio só para você ter um momento com o todo poderoso lá de cima e questionar o motivo de tudo. Quer entender porque uma pessoa que nunca fez mal para ninguém pode estar sofrendo tanto... Eu sei! 


É difícil. Mas quero que saiba, essa ferida por mais que sangre, por mais que doa, por mais dolorosa que seja, quem se ajuda é você. Infelizmente, somos nós por nós mesmo. Temos nossa fé, família, crenças, amigos, médicos, temos o suporte. Mas quem precisa dar o primeiro passo é você. 


E eu sei que você não quer morrer. Aliás, ninguém escolheria sentir tudo isso ou acabar com sua própria vida. Mas sei também que a dor está pesada. Está te sufocando e vc quer matar a dor, acabar com sua dor e não com todos os planos bons que estão passando na sua mente agora. 


É extremamente, ouso dizer até que é assustador dar o primeiro passo. Mas, acredite em você. Lembre-se de quem você era. De quem você pode ser. De quem ama você. E, lembre-se que sua vida é muito valiosa. 


Peça ajuda. Viva. Sonhe. Realize. Há um ano era eu quem buscava ajuda. Hoje estou pedindo para você fazer o mesmo. Porque te garanto que depois de tudo passar, você estará mais fortalecida para e enfrentará o mundo com mais coragem. Não estou dizendo que todos seus problemas vão acabar, mas estou te garantindo, por experiência própria, que você vai encerrar um ciclo e começar lindamente outro. 

Sua vida é preciosa! Essa carta é para você, que tal daqui um tempo você enviar uma para alguém que precisa de ajuda também? 

*Caso precise de ajuda, ligue 188 - CVV - Centro de Valorização da Vida


Foto: Milton Junior


LIGUE 188 CVV CENTRO DE VALORIZACAO A VI
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp

© 2020 #EUsouMS 

Onde devo ir? Quem devo conhecer? Qual comida tenho que experimentar? Essas são algumas das perguntas fundamentais que nós fazemos diariamente. Com este espaço queremos mostrar para todos qual é a identidade do nosso estado. Este site surgiu com um único propósito: Ser o local de encontro e de referência da cultura, das pessoas, dos sabores e dos lugares do Mato Grosso do Sul. Por isso leia, conheça, compartilhe e viva o MS com a gente! 

Sugestão de pauta? contato.eusoums@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram