top of page

Som da Concha deste domingo traz ao público “Encontros de Quarentena” e Matu Miranda

A Concha Acústica Helena Meirelles recebe no próximo domingo, dia 25 de setembro de 2022, a partir das 18 horas, pelo projeto Som da Concha, a materialização da JAM virtual “Encontros de Quarentena” e o novo show do cantor e compositor Matu Miranda, “Matutando Ventania”. A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas. A entrada, como sempre, é franca.

“Encontros de Quarentena – Som do MS” traz ao palco do “Som da Concha” a materialização da JAM virtual que vem movimentando a cena musical do Estado desde a eclosão da pandemia do COVID-19, num show que prestigia canções sul-mato-grossenses, agora para além dos palcos virtuais, com o vigor do vivo e em conjunto.



Leca Harper (violão/voz), Adilson Big Fernandes (guitarra/voz), Leonardo Reis (baixo), Alex Cavalheri (teclados) e Marcelo Ferreira (bateria) recebem no palco grandes artistas da nossa música, Gilson Espíndola, Karina Marques e Wille Bruno, revisitando e cantando o som do MS.

Trata-se de um desafio musical para promoção da união entre os artistas, desafiando e integrando os mais variados estilos. Leca Harper é a idealizadora, produtora e responsável pela edição de vídeos dos Encontros de Quarentena. Já Adilson Big Fernandes comanda a edição de áudio e mixagem de cada canção. Os episódios são distribuídos nas páginas do projeto: Instagram, Facebook e YouTube e todo o trabalho busca a promoção de engajamento entre artistas, a produção musical e a nutrição de novas amizades entre os pares.

Mais de 250 artistas já subiram ao palco virtual do Encontros de Quarentena e muitosoutros já estão programados a se juntar ao time do EDQ. É uma empreitada saboreada por cada um dos que se dedicam a arte e conta com calorosa recepção do público e dos demais artistas. Sem dúvida, é um projeto que está longe de chegar ao seu fim.


Para o show “Encontros de Quarentena Som do MS”, Leca Harper (violão/voz), Adilson Big Fernandes (guitarra/voz), Leonardo Reis (baixo), Alex Cavalheri (teclados) e Marcelo Ferreira (bateria) recebem no palco grandes artistas da nossa música, Geraldo Espíndola, Karina Marques e Wille Bruno, revisitando e cantando a música do MS.


Trata-se de um momento ímpar, dando forma física ao que já ocorre no universo virtual. É a música provendo alento aos que a praticam e aos que a escutam. É o Encontros de Quarentena operando como um tributo ao som local, uma homenagem aos que laboram a arte do nosso Estado.


“Matutando Ventania” é o novo show do cantor e compositor Sul-Mato-Grossense Matu Miranda, acompanhado de músicos virtuosos da cena do MS. Com composições e releituras ligadas à poética do vento e à contemplação da nossa natureza, traz inovação sonora, em uma linguagem de canção brasileira misturada com jazz, forró, pop, blues e música regional. Um show simultaneamente empolgante e profundo.

Nascido em Campo Grande - MS, tendo residido no Ceará por 8 anos, onde aprofundou a sua formação e circulou com seu trabalho por todo o Estado, Matu é um artista do mundo, sempre fazendo shows e gravações entre MS, CE, RJ, SP, MG. Com esse espírito itinerante vem consolidando sua carreira como cantor, compositor e violonista.

Aos 27 anos, possui uma poética inventiva e contemporânea nas suas letras, com versos que abordam desde temáticas mais metafísicas a críticas sociais. Sua personalidade musical é marcante, propondo novos caminhos sonoros. Agrega influências da música instrumental brasileira, música nordestina, jazz, soul, MPB, pop, o que resulta numa música original. E vem ao longo de sua breve carreira cativando o público e o reconhecimento de grandes artistas como o do mestre Gilberto Gil, que elogiou sua música recentemente.


Em 2020, lançou-se oficialmente nas plataformas digitais com o EP “MATU”, pela Deckdisc, e que reúne 4 de suas primeiras composições, sendo bem recebido pela crítica, além de contar com milhares de ouvintes nas plataformas de streaming.

Desde 2016, está em circulação com seu primeiro projeto autoral, MATUTANDO, já tendo se apresentado em diversos teatros e equipamentos culturais do Ceará, além de participações em festivais pelo Nordeste (Jazz & Blues Guaramiranga, Choro Jazz Jericoacoara) e no MS (Matutando no Festival de Inverno de Bonito). Já pôde tocar, gravar e conviver com grandes músicos/artistas como Arismar do Espírito Santo, Gabriel Grossi, Michael Pipoquinha, Cainã Cavalcante, Gilson Espíndola, Giuliano Eriston, Marcos Lessa, Chicão Castro, Sérgio Groove, LLEZ, entre outros artistas que somam trocas em sua trajetória musical.

Em setembro de 2020, Matu lançou um single e videoclipe da sua música “Pensavento” através do renomado selo YB de São Paulo, com participação do escultor do vento Carlos Malta. Em 2021 foi convidado pelo grande intérprete e compositor Zé Luiz Maziotti pra fazer um show no Galeria Café em São Paulo que contou com a participação da cantora Bruna Moraes, do sanfoneiro Cosme Vieira e do sopro de Carlos Malta. Gravou uma participação cantando em uma faixa do novo disco de Michael Pipoquinha que lança em abril de 2022. Agora vem se dedicando a gravar suas novas composições a serem lançadas ainda esse ano. E então partir em circulação com o novo show.

Recentemente, passando um período no Rio de Janeiro, Matu teve a oportunidade de conhecer e se relacionar com grandes mestres da música brasileira como Roberto Menescal, Orlando Morais (que fez uma poesia falando do estado do Mato Grosso do Sul que Matu transformou em música) e por último o grande mestre Gilberto Gil, em seu estúdio no RJ pode conversar e tocar uma composição própria que foi muito bem recebida e elogiada por Gil, momento que foi registrado em vídeo, e é um dos passos mais bonitos e significativos da trajetória deste jovem artista brasileiro.


Som da Concha – O projeto criado em 2008 pela Fundação de Cultura proporciona shows aos finais de semana com entrada franca na Concha Acústica Helena Meirelles, que fica no Parque das Nações Indígenas. O projeto valoriza e difunde a produção musical sul-mato-grossense, selecionando músicos instrumentistas ou cantores solos, bandas ou grupos musicais residentes em Mato Grosso do Sul.

0 comentário

Comments


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page