EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg
  • Colunista | Thales Vieira

“POR FAVOR, SELECIONE SEU PERSONAGEM”

Atualizado: Jun 25


[Esse artigo contém revelações sobre o enredo dos filmes de JUMANJI... se você não liga para Spoilers e reflexões sobre os filmes, então aqui é o seu lugar!!!]

Quem você enxerga quando se olha no espelho? Você enxerga o belíssimo ser humano com histórias pra contar, das artes que aprontou na infância e dos ralados dos tombos de bicicleta quando se vê no espelho? Ou você só vê o chassi de uma pessoa amargurada, envelhecida e cheia de boletos pra pagar naquele reflexo do espelho? Talvez exista uma diferença muito grande entre o que você acha que é por fora e o que realmente é por dentro! Já dizia o ditado, “por fora bela viola, por dentro pão bolorento!”.

Já escolheu seu Totem pra jogar hoje? Já descobriu quem é o seu avatar? E se eu te disser que você não tem noção do real poder e de todas as suas habilidades em jogo, você acredita?! Acontece que na vida todos nós interpretamos nossos papéis assim como em um jogo de RPG... mas você já descobriu seu objetivo final dessa vida??!

Bem-vindo à Jumanji!!!

Pra quem não conhecia a franquia JUMANJI até 2017 quando os trailers do novo filme estavam a todo vapor nos cinemas, eu posso recapitular um pouco a história desse universo. Em 1995, Hollywood resolve recontar a história de um livro para crianças lançado em 1981 do autor Chris Van Allsburg. O filme tem algumas diferenças de personagens e enredo que o fizeram ser criticado na época (fidelidade autoral), porém aclamado pelos efeitos visuais. Essa releitura cinematográfica contava com a atuação do saudoso Robin Williams no papel de Alan Parrish que ficou 26 anos preso dentro da selva desse jogo. Imagine animais selvagens saindo de jogo de tabuleiro e invadindo a vida real, pois bem, foi exatamente isso que a indústria do cinema quis fazer para impressionar a audiência e colocar “Jumanji” no panteão da cultura pop. No livro os protagonistas são Judy e Peter somente, mas no longa-metragem Alan e Sarah são acrescentados à narrativa formando um quarteto de dois adultos e duas crianças.

O tabuleiro misterioso que chama seus jogadores através de tambores tribais é irresistível e nele de um do lado está escrito as regras do jogo:

“Jumanji: Um jogo para aqueles que procuram um jeito de deixar seu mundo para trás. Role os dados para mover seu token. Dados iguais jogam de novo. O primeiro a alcançar o final vence!”.

Do outro lado do tabuleiro está escrito: “Aventureiros fiquem avisados: Não comecem a menos que pretendam terminar o jogo. As extremas consequências do jogo só irão desaparecer quando um jogador tiver alcançado Jumanji e chamar seu nome!” (tradução livre deste autor).

A história começa em 1869, em Brandford, quando dois meninos apavorados enterram um baú misterioso que faz sons de tambores tribais. Cem anos depois esse baú é encontrado pelo jovem Alan Parrish que ouve os tambores também. Ao acaso, Alan e Sarah começam o jogo, mas Alan é sugado para dentro do tabuleiro e assim traumatizando a jovem Sarah, até que 26 anos depois, em 1995, Judy e Peter também são atraídos pelo som dos tambores e retomam a partida do tabuleiro. Os quatro precisam terminar o jogo para por um fim em todas as criaturas que saíram do tabuleiro.

FASE 1: Welcome to the Jungle

Em Janeiro de 2018, estreou no Brasil "Jumanji: Bem-vindo à Selva" e nesse filme é apresentado 4 novos heróis, Spencer, o nerd fazedor de tarefa dos outros na escola. “Fridge”, o atlético jogador de futebol americano do ensino médio e ex-melhor amigo de Spencer. Bethany, a digital influencer patricinha mais popular de Brantford High School e Martha, a garota tímida e retraída inimiga das aulas de educação física. Os quatro encrenqueiros vão para a detenção e lá encontram um videogame velho com a fita do jogo “Jumanji” (o tabuleiro se atualizou em um console de videogame!) e ao começar o jogo virtual eles são sugados para dentro do RPG. No jogo eles se tornam personagens completamente diferentes de seus estereótipos e condições, ou seja, eles jogam por meio de Totens. Para sair do jogo eles precisam zerar o jogo, mas antes disso eles precisam aprender a lidar com seus novos "avatares" e habilidades para então conseguirem com trabalho em equipe zerar o jogo. Spencer é o cara nerd subestimado que fica com o personagem Dr. Smolder Bravestone (Dwayne Johnson "The Rock") forte e destemido líder da equipe, os músculos do time. Enquanto Fridge fica com o escudeiro Franklin "Mouse" Finbar (Kevin Hart) que dá suporte pra equipe e carrega todos os itens. Bethany é transformada em um cartógrafo intelectual chamado Sheldon "Shelly" Oberon (sim! Ela vira um homem... interpretado pelo Jack Black “kkkk”) enquanto Martha, tímida e retraída, é transformada na linda e fatal especialista em artes marciais "matadora de homens" Ruby Roundhouse (interpretada por Karen Gillan).

Os quatro adolescentes recebem totens totalmente diferentes de sua forma física na vida real, mas é nesses personagens que eles aprendem mais sobre si mesmos! Todos saem diferentes das lições pessoais que aprenderam sobre Jumanji... e eles destroem a fita de videogame... ou pelo menos foi o que todos pensavam!!!

FASE 2: "The Next Level"

Sabe quem é cheio de fases além da lua? A vida também oras! E agora em 2020 viveremos uma nova fase de nossas vidas. Mas será que realmente estamos aprendendo a valorizar nossos personagens, nossos avatares e nossas habilidades pra passar para a próxima fase?!

Tem a fase da infância, tem a fase da adolescência, tem a fase boa do namoro, tem a fase que você escuta Marília Mendonça depois do namoro, tem a fase que você envelhece e não tem mais saco pra ficar em pé na balada e por último tem a fase que a gente fica velho e não tem mais paciência e nem filtro e fala o que der na telha!

Esse novo filme, Jumanji: Próxima Fase que acaba de estrear nos cinemas brasileiros, traz algumas coisas do filme anterior e também algumas coisas novas, como as nostálgicas participações honrosas de Danny DeVito e Danny Glover. DeVito é vovô Eddie, avó de Spencer e Danny Glover é Milo Walker, ex-sócio e melhor amigo de Eddie. Spencer se sente frustrado com sua vida assim como seu avô que carrega o lema "envelhecer é um saco!". Tanto Spencer quanto vovô Eddie gostariam de reviver a melhor fase de suas vidas, e para o vovô Eddie seria ser jovem de novo e ter seu restaurante outra vez, já para Spencer seria voltar a ser o avatar do Dr. Bravestone, quando ele era forte e imponente. Spencer guardou o videogame destruído e tenta concertar para voltar para Jumanji e reviver seus melhores momentos, mas algo sai errado e seus amigos acabam entrando outra vez no jogo para resgatá-lo e mais uma vez zerar o jogo!

FASE FINAL: “O Destino de Jumanji está em suas Mãos!”

Para encerrar esse texto, eu quero perguntar pra você que chegou até essa última fase... Você precisa ser um avatar de alguém que você não é para atingir seu objetivo? Aliás, qual seu objetivo? Objetivo maior nessa vida é ser feliz e muitas vezes não somos porque não sabemos atingir a excelência da felicidade contida em nossa natureza, contida em quem a gente já é! Spencer é um nerd que acha que precisa ser o colossal musculoso Dr. Bravestone para ser aceito ou impressionar os outros. Vovô Eddie acha que só a juventude é legal e que a terceira idade é um saco... Será mesmo??! Será que precisamos de outros personagens que não nós mesmos para nos encaixarmos nesse mundo?!

Sabe o que eu acho, que felizes são aqueles que aprenderam a lidar consigo mesmos e a reconhecer as próprias habilidades e fraquezas para trilhar seu caminho até o podium! Aceite sua persona, empodere-se da pessoa que você já é com joelhos ralados, cicatrizes e boletos vencidos, empodere-se do jeito que é e seja imensamente feliz zerando o jogo da vida!

Para quem leu até o final e chegou até o “chefão”... Eu desejo toda Boa Sorte do Mundo!!!

Em 2020 dizem que os humilhados serão exaltados... para nós que só tivemos dias de luta em 2019, eu posso dizer... “A nossa vez finalmente chegou! Não desistam, e usem mais um de seus continues!!!”

Desportivamente abraço deste autor,

Thales Vieira.

* A coluna "Cinema nos mínimos D'Thales" é de autoria de Thales Vieira e todo seu conteúdo é de crédito e responsabilidade do autor.

#diversão

LIGUE 188 CVV CENTRO DE VALORIZACAO A VI
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp

© 2020 #EUsouMS 

Onde devo ir? Quem devo conhecer? Qual comida tenho que experimentar? Essas são algumas das perguntas fundamentais que nós fazemos diariamente. Com este espaço queremos mostrar para todos qual é a identidade do nosso estado. Este site surgiu com um único propósito: Ser o local de encontro e de referência da cultura, das pessoas, dos sabores e dos lugares do Mato Grosso do Sul. Por isso leia, conheça, compartilhe e viva o MS com a gente! 

Sugestão de pauta? contato.eusoums@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram