EUsouMS 2020.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  Sebrae orienta empresários em tempo de pandemia

respire 6.gif
BANNER SITE - GALERIA MEIA SETE.jpg

#EUsouMS Entrevista Kahena Mansano da Seja Verde

Nossa equipe conversou com a arquiteta e empreendedora, Kahena Mansano, de 27 anos, que contou sobre sua loja, “Seja Verde”, onde vende produtos de origem da Cannabis.

Natural de Campo Grande, ela nos contou como foi a mudança de carreira, estilo de vida e como a Cannabis é capaz de ajudar muitas pessoas, confira a entrevista:


#EUsouMS - Como surgiu o interesse em trabalhar com a Cannabis?


Buscando soluções para um grande amigo, com uma doença degenerativa e autoimune, que como característica de todas essas doenças, não possui um tratamento efetivo, nem para que a pessoa tenha qualidade de vida (pela questão da dor crônica característica nessas doenças), nem pela questão do avanço rápido da doença... A maioria delas seguem com tratamentos antigos e ineficazes, e com ele foi a mesma situação. Chegando a ficar hospitalizado e entrando em estado crítico. Começamos o tratamento, hoje ele está estável, ativo, trabalhando, mais ainda, estamos avançando.


#EUsouMS - Como sua formação acadêmica contribui para um melhor desenvolvimento da sua loja?



É interessante isso, porque na faculdade do curso que me formei, Arquitetura, eu sempre estudei sustentabilidade, conforto ambiental, e qualidade de vida. A arquitetura nada mais é do que buscar saúde e qualidade no espaço em que vivemos. E atualmente, temos uma visão completamente equivocada da área, resumindo ela em estética. Depois quando cursei parte do curso de medicina, foi seguindo essa paixão, pela saúde, entendendo mais profundamente sobre o assunto. Infelizmente não foi possível continuar, mas foi uma experiência incrível, que contribuiu muito para mim como ser humano. Hoje tenho livros de saúde em casa, leio muitos artigos científicos que estão desenvolvendo a cannabis na ciência e na saúde no mundo, e pretendo me aprofundar cada dia mais no conhecimento por essa terapia natural que segue me surpreendendo.


#EUsouMS - Quais são os princípios ativos presentes nos produtos e porque eles ajudam na qualidade de vida, principalmente em pessoas com saúde comprometida?


A cannabis possui centenas de substâncias, cada uma com sua finalidade terapêutica, e o que sabemos é que elas interagem entre si, tanto para promover a homeostase (o equilíbrio do nosso organismo como um todo), quanto para serem absorvidos, pois necessitam de uma quantidade mínima de todos, (pois temos o CBD isolado em farmácia, porém não promove os resultados benéficos possíveis no tratamento).


Nós possuímos um sistema endocanabinóide, que descobrimos recentemente na década de 60, mas foi um brasileiro que se aprofundou no estudo da cannabis terapêutica, Dr. Elisaldo Carlini passou quatro anos — 1960 a 1964 — nos Estados Unidos, três deles na Universidade Yale, focado na compreensão dos mecanismos pelos quais a Cannabis sativa — a maconha — age no organismo humano.


Um sistema que atua sobre todos os outros, e o CBD é o ponto chave, é similar ao que produzimos no nosso organismo e que consumimos em outras plantas, a diferença é que a cannabis tem uma alta concentração de CBD, ele se liga diretamente nos nossos receptores desse sistema, com propriedades antiinflamatórias, antioxidantes, regeneradoras, ansiolíticas, promovendo a homeostase, o equilíbrio, regulando desde pressão, açúcar no sangue, colesterol, fortalecendo nosso sistema imune.


Por isso, nos países regulamentados (EUA, Holanda, Canadá, mais de 40 países em todo o mundo) ele funciona para todos os animais, não só para os humanos, é quase como uma suplementação, por que na saúde a melhor forma de abordagem, é a prevenção.

Já nos organismos debilitados ele atua com as mesmas propriedades, pois oq sabemos é que todas as doenças inflamam (dores crônicas), atacam nossa imunidade, e é o ponto de atuação comum, mais em cada um de uma maneira específica, pois esse equilíbrio é resultado da interação com cada organismo, e em cada doença com suas particularidades.



#EUsouMS - Quais os produtos que vocês tem disponíveis? E quais os mais procurados?


Nós trabalhamos com linha de skin care, pois o CBD promove essas propriedades também no uso local, linha para cabelos, produtos terapêuticos como o creme de massagem, pomada cicatrizante... Também trabalhamos com outros produtos que são ricos em terpenos, bombons e extratos, que seguem a filosofia da aromaterapia, mas são blends de espécies canábicas. Os mais procurados são a linha skincare, problemas com a pele, oleosidade, manchas, também para dermatite, psoríase que a pomada trata e são problemas degenerativos e autoimunes, o óleo de terapia para pacientes com câncer, Alzheimer, Parkinson, depressão, ansiedade...


#EUsouMS - Você já fez uso de algum destes métodos? Se sim, qual foi sua experiência?


Eu uso todos os produtos. Não apenas os de autocuidado, mas sou também paciente. Sempre fui ansiosa, e isso acabou eclodindo outras fragilidades no meu organismo, que se agravaram durante a pandemia, também autoimunes, e os produtos foram um bálsamo.


Hoje entendo melhor esses processos, a medicina tradicional atua sobre o sintoma, o resultado final, e busquei várias soluções frustradas, para apenas um problema urinário, mais de 10 médicos especialistas, criei resistência a todos os antibióticos, até conseguir encontrar outras soluções. Hoje entendo que a medicina está caminhando para essa compreensão do organismo como um todo, e de forma única, pois cada um tem suas fragilidades, particularidades, tendências, e que isso não é matemático. E o CBD atua nessa origem, regulando, regenerando, equilibrando, e dessa forma os sintomas melhoram como resultado final de um tratamento. É uma outra abordagem. Mas hoje já existem no Brasil médicos prescritores de cannabis em todas as áreas, apesar de serem poucos ainda, que se especializaram no assunto, e é fundamental que o paciente esteja nesse suporte e acompanhamento.


#EUsouMS - Tem relatos de clientes satisfeitos para compartilhar?


É só o que tenho! rsrsrs. Mas é verdade, é inspirador, sabe? Nesse momento obscuro, poder observar esses pacientes é uma oportunidade incrível. Mas como eu disse, é uma interação com cada organismo, o único efeito imediato é o ansiolítico, que observamos, pessoas com quadros graves, crises frequentes, retomam sua vida em um avanço impressionante. Já os quadros de doenças autoimunes, degenerativas, são quadros que vem de longa data, então é preciso desinflamar o organismo, para que possa haver melhora nas dores crônicas, e isso leva de 15 dias até alguns meses, é um processo de recuperação em crescimento exponencial, e contínuo, são observados estagnações no avanço dessas doenças e frequentemente recuperação de muitas funções já perdidas, como por exemplo no Alzheimer, muitos pacientes recuperarem a lucidez de forma parcial, muitos que não estavam andando mais pelo enrijecimento da musculatura, retornarem, com o apoio de uma bengala, que não dormem por questão da dor crônica resultado desse enrijecimento, retornarem a ter uma qualidade de vida.


#EUsouMS - Como tem sido a procura neste período de quarentena?


Aumentou, principalmente, os quadros de ansiedade. Nesse período todos estamos ansiosos, o que é natural, mas os quadros críticos pioraram, muitas pessoas que tomam medicações, trocaram muitas vezes, sem resultado e estão frustradas buscando soluções efetivas...Mas é um momento muito delicado. Hoje aproximadamente 10 mil brasileiros já têm acesso a terapias com CBD, mas estima-se que 13 milhões de brasileiros com diferentes doenças, necessitam.


#EUsouMS - Como vocês têm acesso aos insumos para a realização dos produtos? São fabricados por vocês ou são importados?


O CBD é importado do Uruguai de cepas orgânicas e terapêuticas (espécies ricas em CBD e que não possuem flores/frutos), mas são produtos produzidos com insumos frescos no Brasil, aqui são feitos testes e divisão das concentrações. Tudo isso supervisionado pela Dra. Bárbara, que é a nossa fundadora, uma mulher espetacular. Ela começou essa trajetória tem alguns anos, ainda na faculdade buscava alternativas para seu filho mais novo, diagnosticado com Síndrome de Asperger, uma condição do espectro autista de menor gravidade. Com a descoberta das propriedades terapêuticas da cannabis, ela se aprofundou nos estudos e, junto com o curso de biomedicina, se formou na Learn Sativa Cannabis, localizada na Flórida (EUA).


Aqui você pode ler essa reportagem sobre ela.


#EUsouMS - Como encara esse mercado no Brasil? Como funciona a legislação atualmente aqui para pessoas que buscam o tratamento com Cannabis? Precisa de um documento específico?


O Brasil está muito atrasado. Quando a gente conhece a história da cannabis, percebe que ela foi proibida por questões políticas, interesses econômicos, lobby de empresas, questões raciais e de classes, e que a ciência e a medicina sempre estiveram com informações contrárias, fomentando o seu uso terapêutico.


Temos um destaque sobre isso no instagram.


Mais informações clique aqui .


Mas estamos no caminho, nosso ativismo com informações e conscientização sobre o assunto, tem avançado, mas precisamos dar passos mais largos. Existem algumas associações no Brasil, que importam, outras que plantam e produzem, existem empresas que importam, são várias as possibilidades de acesso. Mais o primeiro passo para uma pessoa que busca esse tratamento, é buscar um médico prescritor, daquela especialidade em que ela precisa, essas associações possuem parceiros, nós também, e podemos indicar. E a partir daí buscar qual a melhor forma de aquisição, o melhor custo benefício para ela.


#EUsouMS - Em uma sociedade em que temos muito preconceito e falta de informação, o que acredita que pode contribuir para acabar ou diminuir o preconceito das pessoas?


Depende de cada um fazer sua parte, se informar, trazer essas questões para o seu espaço de convívio, mas o que falamos sempre é: "não espere precisar, para defender". Porque esse é o caminho da maioria, a necessidade.


Aqui, nesse vídeo da ABRACE (Associação Pioneira em João Pessoa/PB que, desde 2015 trabalha com plantio e produção para pacientes de todo Brasil) você observa um depoimento de um coronel, após de uma carreira de 30 anos, na guerra às drogas, apoiando a ABRACE e recebendo tratamento para sua filha:



E a informação hoje é muito acessível, mas nem sempre útil. É preciso checar as fontes, os autores, para não consumirmos ignorância ao invés de conhecimento. E é isso que fazemos no @sejaverde.br dados, informações, de maneira prática e acessível para agregar o conhecimento de todos. No link da bio estamos organizando os estudos científicos por patologia, nos posts sempre informamos as fontes, e nos colocamos à disposição para qualquer esclarecimento.


Quem ficou interessado em fazer tratamento ou saber mais, quais os meios de contato?

Entrar em contato pelo instagram @sejaverde.br ou pelo nosso atendimento no whatsapp 67 9671-0984, ficamos à disposição!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
gif eu sou ms.gif
Video.gif
Fraternidade_sem_Fronteiras_lança_camp
Captura de Tela 2021-01-14 às 08.39.19.p
Para Você.jpg

© 2021 #EUsouMS 

Onde devo ir? Quem devo conhecer? Qual comida tenho que experimentar? Essas são algumas das perguntas fundamentais que nós fazemos diariamente. Com este espaço queremos mostrar para todos qual é a identidade do nosso estado. Este site surgiu com um único propósito: Ser o local de encontro e de referência da cultura, das pessoas, dos sabores e dos lugares do Mato Grosso do Sul. Por isso leia, conheça, compartilhe e viva o MS com a gente! 

Sugestão de pauta? contato.eusoums@gmail.com

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram