top of page

Luke do Dia: O Jardineiro

Tenho uma teoria que além de pastorear ovelhas, os Borders costumam ter um trabalho secundário... alguns são pedreiros e literalmente comem paredes de cimento, outros são eletricistas e comem tomadas (inclusive este é o caso de uma das irmãs do Luke), e o Luke... bem, ele leva jeito com as plantas.


Aqui em casa, minha mãe é fascinada em orquídeas, não sabemos quantas tivemos ao todo, nem quantas temos hoje. O quintal também sempre teve algumas outras plantas, como o pé de lavanda, as suculentas, manjericão, alecrim e algumas outras florzinhas que não sei o nome.


Porém o quintal aqui em casa se divide em antes e depois do Luke. Este é um marco real e que transformou o belo em puro caos, destruição e barro, pois como ótimo jardineiro que ele é, quis podar e comer a maioria das plantas.


Ele começou despretensioso, com uma planta de lavanda que tinha perto da torneira que ele gostava de dormir embaixo. Foram as flores, as folhas e por fim as raízes que ilustram nesta foto da coluna. Depois de provar o gosto da lavanda o aventureiro de quatro patas resolveu desafiar o inimaginável e partiu para algo mais nobre: as orquídeas.


Foram uma... duas... três... 33, segundo minha irmã. Sim, 33 orquídeas mordidas, deglutidas e digeridas, nós mudávamos as coitadas para um lugar mais alto ou que pensávamos ser de difícil acesso, mas o Luke é um pouco maior que o programado...


Não é a toa que ele é chamado de gigante pelos membros do grupo de Border Collies e comparado aos da raça que conheço, tem dois com o mesmo tamanho que ele e que não são da linhagem ou os próprios pais dele.


Associe esta informação do crescimento rápido com a da inteligência acima da média e obtenha o resultado: cada dia que chegávamos em casa havia um rastro de destruição dele. Foi assim por algum tempo, até que milagrosamente desencantou das orquídeas. Para o bem da nação!


Logicamente outras paixões apareceram na vida dele: tirar as fibras da Palmeira Azul e afofar a terra com as patas. Por um tempo ele achou que o projeto de paisagismo da casa merecia uma fonte ou uma piscina e cavou até cansar, logicamente se desinteressou do projeto e foi destruir alguma outra coisa.


Graças a Deus, a infância e adolescência cheia de peripécias durou apenas dois anos. Depois de algumas mudanças no jardim e com o amadurecimento do jovem rapaz, as plantas sobrevivem bem... exceto a grama que ele ainda come quando quer chamar atenção ou está precisando de uma ajudinha na digestão.


Por isso, não se animem, o Luke Jardineiro, está aposentado. Mas, ainda tem o Luke Carente, o Luke Comilão, o Luke Rouba Lixo e tantos outros que você pode contratar pagando com um delicioso petisco!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Artes Livia  (Story)-3.png

 ÚLTIMAS NOTÍCIAS:  #EUsouMS Entrevista: Descubra arte com a Galeria MEIA SETE

#EUsouMS POSTS-4.png
bottom of page